Notícia

Geral

Partidos trocam nomes e mudam cenário

Postada 07/07/2021



Esta semana deve ser decisiva para um dos projetos mais defendidos pelo presidente Jair Bolsonaro e de grande repercussão na política brasileira: a mudança nas urnas eletrônicas, que passariam a imprimir em papel os votos computados. Esses comprovantes em papel seriam então colocados em uma urna separada.
A PEC do voto impresso deve ser aprovada na Câmara de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados — que avalia se a matéria é constitucional ou não. No entanto, acredita-se que Bolsonaro perdeu a disputa para implantar o voto impresso como queria.
E a derrota foi política. Onze partidos - incluindo diversas siglas do Centrão, aliado do presidente - já avisaram que não aprovariam a PEC caso ela fosse para votação na Câmara e no Senado. Com isso, os bolsonaristas não teriam os 308 votos necessários para mudar as urnas eletrônicas, e a questão sequer deve chegar aos plenários do Congresso.
Se confirmada, a derrota de Bolsonaro significa que o Brasil seguirá em 2022 com a urna eletrônica funcionando exatamente nos moldes das últimas eleições.
E, os partidos contrários à adoção do voto impresso nas eleições do País continuam substituindo deputados da Comissão Especial da Câmara que discute e vota essa emenda à Constituição. O Democratas, partido que integra o grupo das 11 legendas que se manifestaram contra o voto impresso, trocou seus dois deputados titulares e que votariam a favor do parecer de Filipe Barros (PSL-PR) a favor da PEC. No DEM, saem Pedro Lupion (PR) e Leur Lomanto Junior (BA), que foram substituídos ontem por Igor Kannário (BA) e Professora Dorinha Seabra (TO), indicados para votarem contra o texto.
O presidente do Solidariedade, o deputado Paulo Pereira da Silva (SP), foi indicado para a suplência na comissão. Seu partido está entre os que se manifestaram contra o voto impresso.


* Leia a matéria na íntegra na edição impressa do Jornal da Manhã


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por