Notícia

Geral

Líder do Sindiágua debate privatização com servidores da Corsan

Postada 02/07/2021



Servidores da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), e representantes do Sindiágua estiveram reunidos na manhã de ontem para debater sobre a privatização da empresa estatal. 
O encontro contou com a participação do presidente estadual do Sindiágua-RS, Arilson Wunsh, que apresentou os principais motivos pelos quais os servidores da Companhia precisam mobilizar-se contrários à privatização.
De acordo com o presidente, há três fatores que podem ser desfavoráveis e causar prejuízos à população e aos servidores. 
"Para nós usuários, a principal modificação é que as faturas vão ter acréscimo. Isso será inevitável pois a empresa terá que começar a pagar impostos, e o valor será repassado ao usuário. Outra questão é quanto à tarifa social, que atende 450 mil famílias em todo o Rio Grande do Sul. Com a privatização, isso não deverá mais existir", ressalta.

* Leia a matéria na íntegra na edição impressa do Jornal da Manhã


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por