Notícia

Educação

Avaliação a distância é falha, dizem professores

Postada 15/06/2021



A distância tornou ainda mais difícil uma tarefa já normalmente complicada na relação entre professores e alunos.
Com a pandemia e o ensino remoto, as avaliações agora são realizadas on-line, segundo dados da pesquisa da Rede Conectando Saberes, organização apoiada pela Fundação Lemann, apontou que 42% dos educadores não conseguem fazê-las.
O levantamento foi realizado com 8.700 professores das redes municipais de ensino de 87 cidades brasileiras. 
Entre as dificuldades citadas por eles para realizar as avaliações estão o fato de que não é possível saber se, de fato, são os próprios alunos que estão respondendo os testes. Além disso, afirmam que a distância e as aulas por vídeo impedem uma percepção apurada sobre o desenvolvimento dos estudantes.
O diretor de políticas educacionais da Fundação Lemann, Daniel de Bonis, afirma que o ensino remoto não corresponde à experiência de uma sala de aula, não substitui o presencial, mas que é importante neste momento para que não se perca o vínculo com os alunos.
Sobre a avaliação em si, Bonis diz que ainda existe um conceito antiquado. "A gente tem no imaginário como a prova final, o conjunto do que foi ensinado e o aluno vai então verificar pela nota o quanto aprendeu", diz. 
 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por