Notícia

Geral

Estrutura do muro do Ginasião está torta

Postada 11/06/2021



Ainda aguardando por finalização, a obra do muro de contenção do Ginásio Municipal de Esportes Wilson Mânica, o Ginasião, no bairro Assis Brasil, causou indignação da comunidade ontem.  
A obra, iniciada ainda na gestão do ex-prefeito Valdir Heck, e que foi construída para evitar desabamento do barranco na lateral do ginásio, na Avenida Getúlio Vargas, se encontra torto. 
De acordo com o secretário de Obras, Fábio Franzen, ainda não se sabe o que aconteceu para que a obra estivesse dessa maneira. 
Ele também afirmou que irá se reunir hoje com uma comissão formada por engenheiros do Executivo, além de fiscais da obra e representantes da empreita responsável pela construção do muro para que tudo seja esclarecido. 
"Isso nos incomoda e deve ser entendido. Sabemos que o muro está torto e por isso temos que saber o que aconteceu para tomarmos uma decisão", salienta Franzen, em entrevista ao JM.
Após a reunião, o secretário, que tomou posse nas últimas semanas, deverá esclarecer o que aconteceu para que o muro estivesse dessa maneira.
 "Não sabemos se foi culpa do engenheiro que fez o projeto ou da empreiteira que executou. É uma obra da antiga gestão, então precisamos nos inteirar", comenta. 
A obra, que já deveria estar concluída, não teve andamento após a mudança de governo.
Segundo  Franzen, alguns prazos projetados precisaram ser alterados e por isso a obra não teve andamento. A previsão inicial era de conclusão até o fim do mês de março.  
Em 29 de dezembro, o então prefeito Valdir Heck esteve vistoriando a obra, que na época ainda estava em andamento. Ele salientou que a obra é importante pois "dotará o local de mais segurança, haja vista o risco de desabamento da encosta”. 
Na ação ele também projetou a instalação de um estacionamento ou até mesmo estabelecimentos comerciais no local.
 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por