Notícia

Geral

Leite anuncia plano de obras de R$ 1,3 bilhões

Postada 10/06/2021



Com a perspectiva de privatizações e concessões pela frente, o governador Eduardo Leite anunciou, ontem,  no Palácio Piratini, um programa de obras que prevê R$ 5,2 bilhões em investimentos públicos e privados nos próximos cinco anos. Com recursos próprios, a promessa é aplicar R$ 1,3 bilhão em rodovias até 2022, algo que, até pouco tempo, soaria impossível em razão da crise nas finanças.
A título de comparação, nos últimos cinco anos, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) destinou, em média, R$ 150 milhões anuais  em verbas do Tesouro do Estado para melhorias na malha viária — quase nada, considerando, por exemplo, que uma folha de pagamento dos servidores do Executivo custa cerca de R$ 1,5 bilhão por mês.
O montante a ser investido com dinheiro da venda de estatais será distribuído da seguinte forma: R$ 328,25 milhões em acessos municipais; R$ 522,96 milhões em ligações regionais, com destaque para obras complementares à RS-118 (iluminação, passarelas, interseção com a RS-030 e ligação entre Viamão e Porto Alegre) e R$ 294,47 milhões em recuperação de vias.
"Com as contas em ordem, o Estado começa a ter mais fôlego. Marquem este dia 9 de junho de 2021, porque é um marco em que podemos inscrever nossa história de uma forma diferente, para que o Rio Grande do Sul possa ser mais conhecido pelas soluções do que pelos problemas. Sempre fomos falados como sinônimo de crise e passamos a ser falados e reconhecidos como um Estado que dá soluções para os problemas. Com o programa Avançar, vamos concentrar forças para movimentar o nosso Estado", disse Leite.
Para organizar o cronograma de investimentos e de execução dos trabalhos, o plano de obras se vale da divisão em nove regiões funcionais do Departamento Autônomo de Rodagem (Daer). A abrangência das regiões está detalhada com base nos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes).
Na R7, que abrange 77 municípios das regiões Corede Noroeste Colonial, Celeiro, Missões e Fronteira Noroeste, a previsão de investimento é de R$ 202,3 milhões.
Serão aplicados cerca de R$ 56,6 milhões em obras de conservação e recuperação de trechos de rodovias, cuja extensão somada é de 462,5 quilômetros. 
Na ERS-342, entre Horizontina e Catuípe, serão investidos R$ 7,1 milhões. Para ERS-155, entre Ijuí e Augusto Pestana o valor destinado será de R$ 2,4 milhões e para  ERS-218, entre Catuípe a Santo Ângelo  o valor é de R$ 2,1 milhões.
Também serão aplicados cerca de R$ 2,3 milhões na elaboração e na readequação de projetos executivos para os acessos municipais a Garruchos, Nova Ramada, São Valério do Sul e Serra Nova – totalizando 93 quilômetros.
O plano de obras ainda prevê o investimento de cerca de R$ 1,7 milhão para a liquidação de convênios em vigor nos municípios de Bozano, Caibaté, Campo Novo, Condor, Pejuçara e São Pedro do Butiá.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por