Notícia

Saúde

Saúde estuda realizar mutirão de exames

Postada 07/06/2021



A realização de exames preventivos de rotina, citapatológicos de câncer de útero e mamografias, ficou abaixo da meta no primeiro quadrimestre do ano em Ijuí. Os dados fazem parte do Relatório de Monitoramento de Gestão em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde e refletem as consequências da pandemia.
Desde março de 2020, quando tiveram início as medidas de distanciamento em prevenção à covid-19, os números caíram drasticamente em todos os municípios da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS). No caso das mamografias, ocorreu recuperação no mês de outubro, em função das ações voltadas ao câncer de mama.
Conforme o relatório, a meta para exames citopatológicos de câncer de útero é de 0,63 para o período, sendo realizados 0,07; em mamografias é de 0,49, ficando em 0,04.
Coordenadora municipal da Saúde da Mulher, Karine Santos Lima salienta que os números são preocupantes. "As mulheres não estavam procurando as unidades. Não podemos descuidar, principalmente em relação à saúde da mulher."
Em função disso, o serviço realiza um trabalho de conscientização junto à comunidade, alertando para a importância dos exames preventivos, que detectam precocemente doenças como câncer de útero e de mama. Também foi criada uma Comissão de Matriciamento que vai às Unidades Básicas de Saúde para orientar as equipes, não somente sobre os exames, mas todas os serviços em Atenção à Saúde da Mulher.
A saúde da mulher é uma prioridade no mundo e uma das metas dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) é reduzir a razão de mortalidade materna global para menos de 70 mortes maternas por 100 mil nascidos vivos até 2030.
Karine lembra que o programa Previne Brasil, do governo federal, trabalha com quatro, dos sete indicadores, voltados às mulheres, com intuito de reduzir a mortalidade materna: consultas pré-natal realizadas, sendo a primeira até a 20ª semana de gestação; realização de exames para sífilis e HIV, durante o pré-natal; atendimento odontológico ao longo da gestação; e cobertura de exame citopatológico, método de rastreamento de câncer do colo do útero.  "Todos os meses são importantes, não somente outubro", acrescenta.
Os exames são oferecidos em todas as unidades de saúde do município, e podem ser feitos por agendamento, em horários diferenciados, de acordo com a realidade de cada paciente.
"Vamos organizar mais horários ou mutirões, sempre observando o distanciamento. Precisamos falar às mulheres que o exame [papanicolau] está disponível em todas as unidades do município, por agendamento, realizado pelas enfermeiras, e  é muito importante na faixa etária dos 25 aos 64 anos, preconizada pelo Ministério da Saúde", finaliza Karine.

Por Deise Morais


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por