Notícia

Esportes

Hocsman valoriza união entre os clubes gaúchos

Postada 01/05/2021



Presidente da Federação Gaúcha de Futebol, Luciano Hocsman


O presidente da Federação Gaúcha de Futebol(FGF) Luciano Hocsman em entrevista ao programa Pré-Jornada na Rádio Jornal da Manhã fez uma avaliação do Campeonato Gaúcho 2021. Disse que em mais um ano o futebol  gaúcho deu exemplo e uma demonstração pública de unidade, de união de forças no sentido de que com todas essas dificuldades ou um pouco menores das registradas ano passado, em relação à pandemia, está conseguindo sem interrupção nenhuma manter a  competição em andamento chegando nas suas datas previstas sem qualquer tipo de problema ou interferência no bom andamento.
"Fica registrado o meu agradecimento a todos os presidentes, aos clubes, à empresa que detém os direitos de televisionamento,ela que entendeu a questão das autoridades de saúde e ao governo do Estado que autorizou a permanência da competição, dando um voto de confiança importante ao futebol gaúcho. Mesmo com a questão dos horários, fomos um dos únicos ou pelo menos dos quatro grandes campeonatos estaduais do Brasil que não parou".
O presidente da Federação Gaúcha de Futebol afirmou que a própria definição da tabela do Campeonato demonstrou o equilíbrio que foi a competição na primeira fase. Segundo ele os times estão muito bem preparados. Com exceção de Grêmio e Internacional que se garantiram nas semifinais com antecedência, as outras vagas todas em disputa estavam indefinidas na 11ª e ultima mostrando o equilíbrio técnico e o alto nível disputado até agora.
O presidente Luciano Hocsman revelou que surgiram algumas dificuldades de coordenação da competição, mas a cada rodada a FGF fazia uma conversa com o governo do Estado para tentar realizar os jogos à tarde que eram importantes."Muitas vezes a confirmação do horário era em razão disso. Tinha uma situação que precisava organizar a grade de TV e junto ao streaming para poder transmitir 100% dos jogos. São essas dificuldades que tivemos. O próprio São Luiz teve uma dificuldade extra em razão das perdas do mando de campo, cumprindo partidas fora de seu estádio, ainda com portões fechados. Era uma decisão do STJD e contou também quando necessário com o apoio da Federação Gaúcha de Futebol dentro da legalidade".
Luciano Hocsman lembrou que o Campeonato Gaúcho disponibilizou duas vagas na Série D do Brasileiro de 2022. Comentou que no ano passado teve essa situação de dar uma vaga a mais em razão de todas as dificuldades de calendário. "Se tivermos que modificar algumas de nossas  competições novamente em  razão dessa situação da pandemia podemos acabar no final do ano adotando uma medida semelhante à que foi feita ano passado". O São José-POA, foi o único time de Série A que jogou a Copinha e a vaga depois foi herdada pelo Aimoré, de São Leopoldo.Hocsman revelou que foram iniciadas conversações preliminares com a emissora de TV que detém os direitos de transmissão do Gauchão para tratar sobre 2022. O atual contrato termina neste ano e precisa ser renovado.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por