Notícia

Esportes

Delmar Blatt diz que time poderia ter ido mais longe

Postada 01/05/2021



Gerente de Futebol do São Luiz, Delmar Blatt


O gerente de futebol do São Luiz Delmar Blatt em entrevista ao JM disse que a avaliação do time no Gauchão é positiva diante do cenário negativo que se apresentou antes da formação do elenco.  Lembrou que foram muitas as dificuldades, menos recurso para montar o grupo, logística complicada, poucos jogos em casa, o time chegou a disputar oito ou nove jogos em menos de 30 dias.
"O grupo de jogadores era pequeno, foi difícil a formação do elenco em razão do calendário de apenas três meses e meio de contrato e orçamento enxuto, bem complicado", salientou. Blatt enfatizou que o São Luiz não sofreu no Campeonato risco de rebaixamento, pois em cinco rodadas já estava com 10 pontos. Comentou que no momento em que o time venceu o Novo Hamburgo por 2 a 0, disse que com três vitórias e nove pontos as equipes não tinham caído para a Divisão de Acesso. Fez uma estatística ao longo dos anos. Podia acontecer de cair, mas a tendência era de um time não ser rebaixado com nove pontos e três vitórias. "No final acabou se confirmando, o Novo Hamburgo escapou com duas vitórias. Fez nove pontos. Achei que o São Luiz teria muitas dificuldades".
O gerente de futebol disse que ficou um gosto de que a equipe poderia ter ido mais longe, em virtude do desempenho em algumas partidas, especialmente contra o Grêmio, São José-POA, Brasil-Pel e Aimoré. Salientou ainda da possibilidade de jogar a Série D do Campeonato Brasileiro caso não aconteça a Copinha do segundo semestre ou que a competição tenha três times de Série A entre os participantes.
Delmar Blatt entende que é necessário para o Gauchão de 2022 a manutenção da base deste ano. Não confirma, mas nomes como Renan Rocha, Mizael, Gabriel Araújo que deve ir para o Remo de Belém do Pará, Paulinho Santos e Ariel interessam. A situação de Gustavo Xuxa é mais difícil, pois ele se apresenta hoje no Botafogo de Ribeirão Preto, São Paulo, com um contrato de dois anos. 
O atacante Dionata Piolho vinculado ao Rubro foi emprestado para o Elite de Santo Ângelo, clube que disputará a Terceirona. O São Luiz já acertou a rescisão de contrato dos jogadores e nos próximos dias faz o pagamento dos compromissos, como folha de abril e premiação por ter mantido o clube na Série A do Campeonato Gaúcho.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por