Notícia

Esportes

Diretoria do São Luiz faz balanço da campanha

Postada 29/04/2021



1º vice, Antônio Tambara, presidente Lauro Hass e presidente do Conselho Vilson Hepp

O presidente Lauro Hass, o 1º vice-presidente Antônio Tambara e o presidente do Conselho Deliberativo Vilson Hepp, receberam a imprensa ontem à tarde, no Estádio 19 de Outubro. No encontro no próprio gramado da Baixada, foi feita uma avaliação da participação do São Luiz no Gauchão, situação financeira e perspectivas do futuro.Lauro disse que na reunião de diretoria segunda-feira cada departamento teve oportunidade de fazer sua autoavaliação sobre o que foi desenvolvido e o que ainda precisa ser colocado em prática. "Projetamos o que podemos melhorar em termos de infraestrutura, departamentos de futebol e patrimônio, enfim de todos os setores que estão envolvidos no clube", lembrou o presidente, citando o marketing que segundo ele teve um destaque na parte de divulgação.Lauro Hass avaliou como positiva a participação do clube no Campeonato Gaúcho, pois em um ano sem renda por causa da pandemia e sem recursos no caixa, o São Luiz conseguiu se manter na elite do futebol estadual e brigou pela classificação para a Série D do Campeonato Brasileiro. Comentou que é importante começar a se situar agora em cima daquilo que a diretoria pretende fazer. "Temos muitos sonhos pela frente e precisamos pensar as coisas com os pés no chão. Não podemos nos aventurar".O presidente disse que em setembro de 2020 quando a diretoria assumiu o clube possuia R$ 200 mil em caixa, valor que serviu para pagar a folha do mês. Depois disso sucessivamente o São Luiz começou a antecipar valores da meia cota da Federação Gaúcha de Futebol(FGF). Somado ao valor do patrocínio que tinha do Banrisul, durante a Série D, com mais as mensalidades e outros patrocínios, se conseguiu trazer o clube com folha e pagamentos em dia até janeiro deste ano.  Em fevereiro a direção teve que se socorrer de empréstimos dos associados, conselheiros, diretores e ex-dirigentes, que ajudaram e parte da antecipação das mensalidades. Em março começou a entrada de recursos, se anteciparam parcelas e uma parte de um empréstimo concedido pela FGF. A folha foi paga e agora em abril, o clube busca o complemento que precisa para pagar a folha, premiação de atletas e rescisão de contratos. Até o final de semana pretende reunir todos os valores para encerrar esse ciclo e  poder trabalhar com tranquilidade os projetos.O presidente lembrou que a Ação entre Amigos que está sendo comercializada servirá para saldar os atuais compromissos financeiros que chegam a R$ 650 mil. O mandatário disse que na semana que vem vai tratar com o técnico Paulo Henrique Marques e demais integrantes da comissão técnica a permanência dos profissionais para a próxima temporada. Lauro Hass enfatizou que a intenção da diretoria é que o clube se torne no futuro um formador de atletas. "Estamos gestionando junto ao Poder Público o Complexo Esportivo do Sesi, que é o primeiro passo.  O 1º vice Antônio Tambara fez uma convocação à imprensa para que ajude nos debates sobre o que se espera do São Luiz, fazendo duas perguntas: Qual a importância do clube?  E o que cada um pode fazer para ajudar no crescimento do Rubro?


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por