Notícia

Rural

Conseleite/RS vai rever cálculos de produção

Postada 26/11/2021



Até agora, o Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite do Rio Grande do Sul (Conseleite/RS) não informou o preço de referência do leite ao produtor de novembro, a ser pago em dezembro. Normalmente, o anúncio ocorre nas terças-feiras das últimas semanas do mês. Em vez disso, o Conseleite/RS comunicou que pretende rever a forma de cálculo do valor da matéria-prima para os pecuaristas. Para tanto, a câmara técnica do colegiado deve atualizar itens que compõem a base de dados e incluir outros que hoje não são considerados na apuração dos custos de produção do campo.
A  decisão, tomada pelo Conseleite/RS nesta semana e divulgada pela Farsul, atende a pedido da base produtora, que vinha manifestando descontentamento com a forma de cálculo dos custos de produção da propriedade leiteira. Isso levou a Fetag-RS, a Fetraf-RS, a Gadolando e a Jersey-RS a anunciar, dias atrás, que momentaneamente não participariam mais das reuniões do Conseleite-RS, o que ocorreu nesta semana. “A ideia é começar o trabalho de forma que os novos dados passem a integrar o cálculo do valor de referência no primeiro trimestre de 2022. O processo estava previsto para janeiro, mas foi antecipado para dezembro em função de manifestações de lideranças dos produtores”, informou o Conseleite-RS, adiantando que haverá uma reunião extraordinária no dia 7 de dezembro para tratar da composição e da diretoria do colegiado para 2022.
Coordenador do Conseleite, Alexandre Guerra defendeu o diálogo e a busca de consenso. “O Conseleite é um espaço de discussão. Há visões diferentes porque defendemos posições diferentes. Precisamos entender que há uma diferença entre o valor de referência do Conseleite e o valor de remuneração, que é definido pelas empresas com seus produtores. Não existe produtor sem indústria e nem indústria sem produtor”.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por