Notícia

Política

Deputado quer prorrogar a desoneração da folha

Postada 15/09/2021



Após reunião de duas horas com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o deputado Jerônimo Goergen (PP-RS) decidiu apostar na aprovação do projeto de lei que prorroga a desoneração da folha de pagamento de 17 setores até o final de 2026.  A desoneração consiste em trocar os tributos sobre os salários dos empregados por uma alíquota sobre o faturamento. Atualmente, essas empresas podem escolher entre pagar 20% de contribuição previdenciária sobre os salários dos funcionários ou uma alíquota que vai de 1% a 4,5% sobre o faturamento bruto.
Ele está com o requerimento de urgência para que vá direto para Plenário, seguindo depois para o Senado. A tendência é de que o Executivo vete, mas que, depois, o veto seja derrubado no Congresso. Isso ocorreu no ano passado, quando o incentivo terminaria em dezembro de 2020, mas foi prorrogado por mais um ano. 
A intenção da reunião do deputado e de setores produtivos com o ministro era de ter uma proposta ampla, que levasse a desoneração para todos os setores econômicos. A ideia é de que a folha de salários seja desonerada para todos, mas a arrecadação seria compensada com a criação de um microimposto sobre transações, possibilidade levantada ainda em 2020.   

* Leia a matéria na íntegra na edição impressa do Jornal da Manhã 
 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por