Notícia

Economia

Contribuintes reclamam do valor do IPTU de Ijuí

Postada 04/03/2021



Moradores de Ijuí estão reclamando do aumento do valor do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) 2021, que vence a primeira parcela ou a cota única no dia 15 de março. 
De acordo com a Coordenadoria de Tributos do município, o aumento do metro quadrado da construção foi de 6,74%; o do metro quadrado do terreno foi de 13,125%; e da taxa de lixo foi de 10,88%. No entanto, moradores afirmam que as guias estão com valores acima do que foi anunciado. 
A médica veterinária Nelda Palharini tem um prédio em construção na Avenida Getúlio Vargas, onde possui uma clínica veterinária no primeiro andar e os demais andares estão em obras. No caso dela, o aumento da guia do IPTU 2021 quase dobrou de valor de um ano para outro. “Meu IPTU aumentou absurdamente. Paguei em 2019, pouco mais de R$ 3 mil, o que eu já achei alto, e agora chegou com valor de quase R$ 7 mil”, disse a empresária, que se sente frustrada pelo aumento dos valores cobrados. “Estamos vivendo um momento complicado com essa pandemia, as pessoas estão com menos dinheiro e vem esse absurdo de imposto. O povo não aguenta mais. O setor produtivo está sendo sacrificado, enquanto eles seguem recebendo seus salários em dia”, acrescentou a empresária, que sentiu vontade de fechar a clínica e colocar o prédio para aluguel. 
Uma agricultora, que não quis ter o nome identificado, disse que ainda não entendeu a diferença na cobrança. A principal reclamação dela é pagar mais caro sem sentir o retorno do investimento em melhorias na cidade. "O imposto do meu terreno passou de R$ 800 para R$ 1.569. O IPTU dobrou e isso é um abuso”, citou. 
Além de Nelda, a agricultora, a redação do Grupo JM recebeu vários questionamentos de moradores insatisfeitos, e que estão buscando respostas sobre o valor do IPTU cobrado pela prefeitura. 
O aumento do IPTU também rendeu críticas no Legislativo ijuiense. Mas, o valor foi reajustado após aprovação, no ano passado dos próprios vereadores. Neste ano, a taxa de lixo, que compõe o carnê do IPTU, foi reduzida de 25% para 10,88%.  
No município foram emitidos 37 mil guias e a arrecadação estimada é de R$ 13 milhões.
Quem não recebeu o boleto, pode procurar o Balcão de Atendimento do IPTU, que fica no prédio da prefeitura, ou emitir no site da prefeitura, no endereço ijui.rs.gov.br
"Ali constam as instruções para que o contribuinte possa gerar a guia do imposto", explica o coordenador de Tributos do município, Airton de Moura, que lembra que o desconto é de15% para quem não tinha dívida ativa até o fim do ano passado e de 10% para quem estava com débito junto a prefeitura. 
No site, o contribuinte pode verificar se tem débitos em atraso e emitir as guias e solicitar o parcelamento em dívida ativa. "São serviços que o Município disponibiliza.  Também pode fazer uma solicitação de acesso, desde que seja proprietário do imóvel, onde é liberado o cadastro e verificar os dados dos imóveis", finaliza.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por