Notícia

Geral

Arnt irá trabalhar pelo desenvolvimento

Postada 26/01/2021



Reunidos no auditório do Consórcio Intermunicipal de Saúde (Cisa), ontem à tarde, os prefeitos dos 11 municípios que compõem a Associação dos Municípios do Planalto Médio (Amuplam) escolheram sua nova diretoria para a gestão 2021.
Prefeito de Coronel Barros, Edson Arnt assume o cargo, tendo como vice-presidente, o prefeito de Ajuricaba, Ivan Chagas.
Os gestores também aprovaram por unanimidade a prestação de contas do até então presidente, o prefeito de Pejuçara, Eduardo Buzzati.
Arnt, que é do Democratas, retorna ao cargo que ocupou em 2017, em seu primeiro mandato. "São sete prefeitos reeleitos e quatro novos. Assumo a missão com vontade de trabalhar e espaço para isso, muitos diálogos, e que a parceria entre os Municípios continue, de entrosamento e desenvolvimento de todos", disse, ao Grupo JM.
Dentro do trabalho que irá desenvolver à frente da Amuplam, Arnt salientou que buscará sintonia com os governos do Estado e federal, e também com as entidades, defendendo, em um primeiro momento, a aquisição de vacinas contra a covid-19.
"É o que necessitamos. Pela manhã, fiz uma estimativa bem otimista de que até o final de março, pelo menos, metade de nossa população rio-grandense esteja vacinada. Então, assumo o trabalho com muita vontade e seriedade. Não podemos ainda afrouxar as regras nos municípios", pondera, acrescentando que mantém contato com o prefeito de Panambi, Daniel Hinnah, coordenador da cogestão entre os municípios da Região 13, no Mapa de Distanciamento Controlado, do governo do Estado.
Arnt ressalta que a gestão, muitas vezes, não agrada a todos, mas é preciso pensar no coletivo e na Saúde da comunidade. "Durante todo esse tempo busquei trabalhar em meu município, e farei em nível de região, que não prejudiquemos os meios de trabalho, comércio e indústria, mas também temos que preservar as vidas, e isso é o mais importante."
A pauta municipalista seguirá sendo trabalhada em conjunto com a Confederação Nacional dos Município (CNM). "Tivemos muitas vitórias, mas ainda precisamos. Muitas vezes, nos é direcionada obrigações, convênios e atribuições e o recurso não vem, e acabamos tirando da comunidade. Precisamos fazer um trabalho regional principalmente de desenvolvimento, e somente a união de esforços dos prefeitos da região com as federações e a CNM poderemos fazer com que cresça ainda mais."
Integrante de uma diretoria pluripartidária, Arnt destaca o processo de integração dos quatro novos gestores, que agora passam a pensar em âmbito de região.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por