Notícia

Saúde

Ijuí inicia imunização contra o coronavírus

Postada 21/01/2021



A enfermeira Sandra Del Frari, 55 anos, é a primeira ijuiense a receber a imunização contra a covid-19. A vacina foi aplicada pela coordenadora municipal dos Programas de Imunização, Salester Ruver, no Centro de Triagem, ontem à tarde. Na sequência, 17 profissionais da saúde, que atuam no local, receberam a imunização - e também 112 da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e 29 do Samu, totalizando 159 pessoas.
Sandra foi contratada pelo Executivo para atuar na linha de frente do combate à pandemia, atuando no Centro de Triagem, desde abril de 2020. "É muito gratificante, principalmente para nós da linha de frente, em um tempo de alto risco de infecção, porque atendemos diretamente o paciente infectado, e vamos poder continuar com tranquilidade a dar essa assistência", comemora, destacando a palavra Esperança, como a primeira que lhe vem a mente. "Esperamos que com a vacinação as coisas melhorem, mas seguimos com todos os cuidados."
Os primeiros a receber a imunização são os profissionais da linha de frente, de todas as instituições de saúde e da Rede de Urgência e Emergência; e os idosos de maior idade, institucionalizados.
Hoje pela manhã, serão imunizados 260 profissionais do Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) e 122 no Hospital Bom Pastor, e à tarde, 250 no Hospital Unimed.
Na sexta-feira, é a vez dos idosos que residem em instituições de acolhimento: Sabeve, Bem Viver, Noblesse e Casa Lar do Bairro Glória. Também serão vacinadas as equipes que atuam nesses lares.
A intenção é aplicar as 1,1 mil doses recebidas nesta primeira etapa até sábado - incluindo um grupo de 40 vacinadores e profissionais da Atenção Básica que fazem a coleta de exames RT-PCR. 
"Será por etapa, de acordo com a idade, na população de idosos, sendo o primeiro grupo acima de 80 anos, e o último, de 60 anos. Os demais, provavelmente em março, conforme a previsão, para os abaixo de 60 anos, e depende da produção e da vinda dessa vacina", comenta Salester.
Vice-prefeito, Marcos Barriquello espera que esta possa se tornar, em breve, uma realidade a toda a população. "Recuperação. Acho que a economia vai se recuperar, a sociedade não terá mais o medo que constantemente assolava os lares. A reclusão é ruim, porque se perde o convívio social e uma série de coisas."
"Sabemos que levará tempo para impactar na curva de infectados. Hoje, a maior parte de infectados que está chegando ao serviço é de adultos jovens, e essa população ainda levará um tempo para ser vacinada, até porquê vamos respeitar o Plano Nacional de Imunização", acrescenta o secretário municipal de Saúde, Marcio Strassburger.
Salester solicita à população que mantenha os cuidados preventivos e lembra que há falta de trabalhadores na saúde. "Imunizando esses profissionais conseguimos manter a força de trabalho e os serviços abertos."


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por