Notícia

Polícia

Polícia tem 30 dias para concluir inquérito do primeiro homicídio de 2021 em Ijuí

Postada 19/01/2021



Uma briga deixou um homem, de 29 anos, morto na tarde de sábado em Ijuí. O crime aconteceu por volta das 15h na Rua José Bonifácio, Centro. A vítima foi identificada como Marcos Antônio Gonçalves, natural de Buenópolis,  Estado de Minas Gerais. 
A vítima foi esfaqueada após um desentendimento entre hospedes de uma pousada, localizada no antigo prédio da Estação Rodoviária. O jovem não resistiu aos ferimentos e morreu no local. 
Ainda na tarde de sábado, a Brigada Militar deteve três homens, que foram encaminhados à Delegacia de Polícia para esclarecimentos dos fatos.  Uma faca de cozinha (serra) foi apreendida pela polícia no local do crime. 
Os três homens foram ouvidos pelo delegado regional Ricardo Miron, que lavrou o flagrante  de um homem de 25 anos, natural da Bahia, por homicídio doloso (quando há a intenção de matar ou o sujeito assume o risco de fazê-lo) pela morte de Marcos Gonçalves. Os outros dois detidos foram arrolados como testemunhas e liberados. 
Segundo Miron, o homem confessou o crime, dizendo que tinha dado  um golpe de  arma branca no peito da vítima e o motivo do desentendimento seria que a vítima estava embriagado e provocando os demais colegas. "Inclusive, num primeiro momento, houve a intervenção da Brigada Militar em relação ao ferimento que essa vítima (Marcos Antônio Gonçalves) teria provocado em outro colega. Esse colega não quis representar no momento, mas enquanto era feito o boletim de atendimento pela Brigada Militar, foi iniciado uma nova discussão e que resultou na morte do Marcos", disse o delegado ao Grupo JM.  
A investigação do caso está a cargo da  1ª Delegacia de Polícia de Ijuí, que tem como responsável o delegado Maurício Posselt.  Em decorrência das férias do titular, Miron segue responsável pelo caso. A polícia tem 30 dias para concluir o inquérito. 
Os homens estavam em Ijuí onde prestavam serviço para uma empresa que cuida da via férrea Ijuí/Cruz Alta. Após os trâmites legais, o baiano foi encaminhado à Penitenciária Modulada de Ijuí.
O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal e posteriormente liberado para os atos fúnebres, que ocorreram em Minas Gerais. 
Este foi o primeiro homicídio registrado em Ijuí, em 2021. Em 2020, foram 20 assassinatos. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por