Notícia

Esportes

São Luiz intensifica contatos para a formação do elenco

Postada 05/01/2021




Técnico Paulo Henrique Marques com o zagueiro Sílvio e Francisco Soares, funcionário do Rubro

O técnico Paulo Henrique Marques está em Santa Rosa visitando familiares, após um ano intenso em que trabalhou no Ypiranga de Erechim no Gauchão e Série C do Brasileiro e no São Luiz na Série D. Em entrevista ao Jornal da Manhã, o treinador do Rubro abordou a formação do elenco, entre outros assuntos.
" O nosso encontro com a diretoria na última quarta-feira foi tranquilo. A direção passou para nós a dificuldade financeira, não só do São Luiz, mas das outras agremiações. O clube receberá só meia cota e não tem calendário o ano todo. Passamos a eles que a gente não tem muito o que oferecer ao atleta também. Vamos mesmo assim, fazer um time em condições de voltar a realizar uma boa campanha, assim como em 2018 e 2019". Paulo Henrique disse que a ideia é manter alguns jogadores da temporada 2020, aqueles que tem o perfil de jogo que pretende colocar em campo. Salientou que os atletas que se enquadrarem na sua filosofia vão permanecer. Tudo depende da negociação com a diretoria.
"Gosto de times que buscam propor o jogo, tenham posse de bola, uma equipe agressiva, com uma transição muito forte da defesa para o ataque", afirmou. O treinador disse que a tabela do Campeonato Gaúcho é ruim para o time até porque têm poucos jogos em casa, menos que no último Gauchão. Além disso, com a perda de mandos de campo entende que é bem complicado.
Paulo Henrique Marques lembrou que o objetivo do clube é fazer um bom Estadual, pois no futebol uma agremiação somente se mantém e consegue melhorar sua estrutura, fazendo bons times, ganhando em campo. Frisou que o torcedor quer vitórias e as coisas se tornam um pouco menos difíceis.O treinador disse que o São Luiz fez um bom papel na Série D do Campeonato Brasileiro até pelo investimento que teve. 
"A maioria dos clubes quando terminou a primeira fase investiu, contratou para dar um pouco mais de qualidade aos seus grupos. O São Luiz não tinha condições de fazer isso. A campanha foi dentro do esperado, ficamos em 12º lugar, aumentamos muito de posição dentro do ranking da Confederação Brasileira de Futebol(CBF). Em termos de futebol foi legal". 
O departamento de futebol e o técnico Paulo Henrique Marques já tem os nomes que interessam para este ano. A ideia é contar com 26 ou 27 jogadores. O goleiro Paulo Gianezini que está no Criciúma-SC, o lateral-direito Maicon, no Ypiranga de Erechim; o zagueiro Ricardo Thalheimer, ex-Avaí, CRB e Ypiranga; o lateral-esquerdo, Márcio Goiano, ex-Aimoré; os volantes Clayton, atualmente no Ypiranga e Jefferson Prill, que jogou a Série B do Campeonato Catarinense pelo Hercílio Luz de Tubarão, Santa Catarina e o atacante Leilson, no Ypiranga, estão na mira do São Luiz e podem voltar. 
Dos jogadores que atuaram na Série D de 2020 podem permanecer os zagueiros Sílvio e Jadson, lateral Gabriel Araújo, os volantes Paulinho Santos e Germano e os atacantes Jhonatan Ribeiro, Juba e Hugo Almeida. A intenção é manter de 9 a 10 jogadores da última temporada, mas muitos receberam propostas de outros clubes.O São Luiz começa nesta semana a rescisão de contrato com os jogadores que não irão permanecer no clube. Os treinos iniciarão na próxima segunda-feira, dia 11 de janeiro.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por