Notícia

Geral

Número de novas MEIs cresce 29% em Ijuí

Postada 26/11/2020



 A pandemia de covid-19 com certeza mudou a maneira com que o mundo passou a lidar com os negócios. Ao redor do globo, vimos empresas fechando as portas e trabalhadores perdendo seus empregos. Infelizmente, no Brasil o cenário não foi diferente.
No semestre encerrado em julho, o País chegou à marca de 13,8% de desempregados, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua). Essa porcentagem, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) representa um total de 14,4 milhões de pessoas sem emprego.
As estatísticas acompanham um ano de alta de funcionários demitidos: no segundo trimestre de 2020, o desemprego havia fechado em 12,6%; já no primeiro trimestre o índice estava em 11,2%. Quando comparado com o mesmo período de 2019, o aumento foi de pontos percentuais (aproximadamente 561 mil pessoas).
Por conta disso, o Brasil caminha a passos largos para registrar um número recorde de empreendedores: apenas de janeiro a setembro, a quantidade de microempreendedores individuais (MEIs) no País cresceu 14,8%, quando comparado com o mesmo período do ano anterior, chegando a 10,9 milhões de registros.
Segundo dados do Portal do Empreendedor (governo federal), mais de 1,1 milhão de formalizações foram registradas entre o final de fevereiro e o fim de setembro. Hoje, esse número, quando somado às mais de 7,5 milhões de micro e pequenas empresas, atinge a marca de 99% das empresas privadas e 30% do Produto Interno Bruto (PIB) do País.
Em Ijuí não tem sido diferente. O número de MEIs tem crescido ano a ano. Segundo a Sala do Empreendedor, em 2018, no município existiam 4.097. No  passado o número aumentou para 4,7 mil. E de janeiro até agora já passam de 5,3 mil. Nos últimos dois anos, o aumento foi de 29%."Desde o início da pandemia, nós tínhamos um grande número de empreendedores e de pessoas que nos procuravam, mas mesmo diante de todas as medidas que tivemos que tomar, estamos tendo uma busca significativa, afirma o agente de desenvolvimento da Sala do Empreendedor de Ijuí, Raphael Bess. 
Com certeza, a pandemia do novo coronavírus foi um fator que impulsionou o aumento de empreendedores brasileiros, como uma forma de buscar renda. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) estima que cerca de 25% da população economicamente ativa do Brasil estará envolvida na abertura de um novo negócio até o final de 2020. “Tem bastante gente que nos procura para a área de serviços, como de pedreiro, encanador, eletricista, pintor e também para o comércio de roupas e acessórios", ressalta Bess. 
A Sala do Empreendedor  fica junto ao Sine, na Rua Ernesto Alves. Telefone 3332 7555.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por