Notícia

Esportes

Morre o craque Diego Maradona

Postada 25/11/2020



O ex-jogador argentino Diego Armando Maradona, 60 anos, morreu ontem, após sofrer uma parada cardiorrespiratória em sua casa em Tigre, região metropolitana de Buenos Aires. A informação, inicialmente divulgada pelo jornal Clarín, foi confirmada em seguida pelo biógrafo de Maradona, Ariel Palacios.
Considerado um dos futebolistas mais geniais da história, Dios (Deus), como é conhecido pelos seus conterrâneos, encantou o mundo com seu talento, foi ídolo de várias torcidas, principalmente de Boca Juniors-ARG e Napoli-ITA e protagonizou a conquista da Copa do Mundo de 1986, disputada no México. Maradona foi socorrido por profissionais de saúde em sua casa, localizada no bairro Villanueva, na província de Tigre. Cerca de nove ambulâncias foram deslocadas para o local. No entanto, mesmo com o atendimento de urgência, o ídolo não resistiu.
A Associação de Futebol Argentino e a conta da Seleção Argentina no Twitter prestaram condolências pela rede social. “Até sempre, Diego. Será eterno em cada coração do planeta futebol”, manifestou-se o perfil da equipe bicampeã mundial. “A Associação de Futebol da Argentina, por meio do seu presidente, Claudio Tapia, manifesta sua mais profunda dor pela morte de nossa lenda, Diego Armando Maradona. Sempre estará em nossos corações”, escreveu a AFA. O Boca Juniors, clube onde o craque foi ídolo, jogaria ontem à noite contra o Internacional, no Estádio Beira-Rio, pela Libertadores. A partida foi adiada pela Conmebol.
No último dia 3 de novembro, o maior jogador da história da Argentina passou por uma cirurgia para drenar uma pequena hemorragia no cérebro.Os médicos que trataram Maradona não souberam dizer se o problema começou há pouco tempo ou se desenvolveu ao longo do tempo. Durante sua carreira de jogador, o argentino conviveu com o vício em cocaína, chegou a ser internado algumas vezes para passar por reabilitação. O último trabalho de Diego foi como treinador do Gimnasia de La Plata. 
A morte de Diego Armando Maradona pegou todo mundo de surpresa. E como não poderia ser diferente, o ex-jogador recebeu homenagens por toda a parte. Uma delas veio de Pelé, com quem o argentino rivalizava. Mas apenas dentro de campo.Os dois eram próximos, e o Rei do Futebol se pronunciou através das redes sociais, dizendo que "perdeu um amigo" e afirmou que um dia espera jogar futebol com Maradona no céu. "Que notícia triste. Eu perdi um grande amigo e o mundo perdeu uma lenda. Ainda há muito a ser dito, mas por agora, que Deus dê força para os familiares. Um dia, eu espero que possamos jogar bola juntos no céu", disse Pelé. Nas redes sociais, clubes, jogadores e torcedores se despediram do astro.Jogadores de várias nacionalidades se manifestaram sobre a perda irreparável ao futebol mundial. Entre eles, Mbappé, Careca, ex-parceiro de Maradona na Itália, e Rivaldo usaram as redes sociais para se despedir.
“Obrigado por tudo, Diego”, declarou o Barcelona no Twitter depois da morte de seu ex-jogador Diego Armando Maradona, O Barça postou no Twitter uma foto em preto e branco da lenda argentina em sua passagem pelo clube catalão, apenas com a camisa vermelha e azul do Barça.Contratado ao Boca Juniors, Maradona disputou 58 partidas e marcou 38 gols com a camisa ‘azulgraná’ entre 1982 e 1984, antes de partir para o Napoli.
 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por