Notícia

Polícia

Homens são condenados por tentar matar brigadianos no interior de Ijuí

Postada 11/11/2020



Dois homens foram condenados em julgamento ocorrido ontem. O júri que começou pela manhã, terminou às 22h.  Lauro André Regliski (foto)de 47 anos, natural de Ijuí, e Alessandro Dalssotto Fortes, 33 anos, natural de Palmeira das Missões, receberam a sentença do juiz de direito Eduardo Giovelli.
Lauro Regliski condenado por três tentativas de homicídio, porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada e receptação, com pena de 14 anos e dois meses. Alessandro Fortes foi condenado por quatro tentativas de homicídio, porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada e receptação. Pena de 11 anos e nove meses. 
Ambos irão cumprir as penas em regime fechado. Estavam presos e seguem presos, sem poder recorrrer em liberdade.
O Ministério Público (MP) denunciou Lauro e Alessandro por tentativas de homicídio contra brigadianos do policiamento rural da cidade, crimes registrados entre às 6h e às 8h do dia 5 de abril de 2017, no trajeto entre a Linha 4 Leste até o Distrito de Santana, no interior de Ijuí.
Conforme denúncia do MP, os acusados fugiram de abordagem, efetuaram disparos de arma de fogo contra às vítimas, não as atingindo.
Na ocasião eles estariam em uma caminhonete Saveiro, com suspeita de carregar agrotóxicos furtados. Os indivíduos teriam furado uma barreira policial, colidido o veículo na sequência e fugido a pé, no distrito de Mauá. Durante a fuga, Regliski e Dalssoto teriam efetuado diversos tiros contra os policiais. Com eles foram apreendidos toucas ninjas, uma espingarda calibre 12 e um revólver calibre 38.

Por: Leonardo Carlini. 
Foto: Elimar Martins (Panchinho) 
 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por