Notícia

Polícia

Áudio vazado impede sequência de assaltos em Augusto Pestana; foragido é preso pela BM

Postada 05/11/2020



A Brigada Militar realizou a prisão de um homem e acredita ter evitado uma sequência de assaltos em Augusto Pestana. A captura só foi possível por conta de um áudio vazado nas redes sociais onde uma mulher conta para outra que pretendia participar do grupo de assaltantes, revelando ainda o planejamento das ações em relojoarias e lotéricas do município. Seriam três os estabelecimentos assaltados.

A Brigada Militar conseguiu se antecipar ao criminoso, após diligências efetuou a abordagem do suspeito, ao verificar a situação no sistema de consultas do Rio Grande do Sul, foi possível constatar que estava foragido do sistema penitenciário de Santo Ângelo. Ele foi identificado como um homem de 23 anos, natural de Novo Hamburgo, com antecedentes de roubo, furtos e homicídio.

A reportagem da rádio JM obteve acesso ao áudio vazado. Enquanto uma das mulheres conta sobre a intenção de participar do grupo criminoso pois está passando por necessidades, a outra tenta evitar com que ela se envolva no crime.

 

Confira trechos da conversa:

MULHER 1 – Essa semana, nesses dias, vai dar um estouro, guria.

MULHER 2 – Mas vão assaltar a lotérica, a relojoaria e a outra “tudo” nesses dias?

MULHER 1 – Não. Vão primeiro nessa do lado do clube ali. Daí depois vão lá naquela perto da Brigada. Aí por último a lotérica.

MULHER 2 – Tá, mas e aquela perto da Brigada não tem como assaltarem...

MULHER 1 – Uhm... tu que acha que não...

MULHER 2 – Só se for uma turma.

MULHER 1 – Mas é uma turma ... o comandante tá preso e ele tá comandando o que vão fazer.

MULHER 2 – Mas e não tem medo de ser preso?

MULHER 1 – Eles vêm pra cá pra tá no comando. Como é o nome desse bosta?! ... Ele tá no comando da facção dos Manos na região, sabe? Só que ele tá preso. Mas ele conversa direto com os caras lá em cima, da facção dos Manos. Então eles comandam de lá de cima pra baixo. E ele tá comandando aqui na região. E colocou ele (homem preso) pra fazer o “trampo” aqui em Augusto. Ele vai assaltar a relojoaria e vai dar metade pra mim e pra Neusa.

MULHER 2 – Tá, guria, mas tu entrar nessas coisas aí?

MULHER 1 – Desespero. Sem dinheiro. Minha filha tá sem roupa pra usar.

MULHER 2 – Não. Tua filha não tá sem roupa pra usar.

MULHER 1 – Eu tiro uma foto do guarda-roupa e te mostro.

MULHER 2 – Se é por roupa, eu arrumo umas unissex pra ela.

MULHER 1 – (risada sem graça)

MULHER 2 - Mas olha, tu não tem motivo pra entrar nessas coisas. Tu tem que pensar na tua família, na tua filha. Isso é roubada.


Matéria: Leonardo
Carlini 



Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por