Notícia

Geral

MP aumenta crédito que amplia endividamento

Postada 08/10/2020



O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta semana uma medida provisória que eleva em cinco pontos percentuais a margem de empréstimo consignado para aposentados e pensionistas do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS).
A informação foi divulgada pelo Palácio do Planalto.  Por ser uma MP, as regras entram em vigor imediatamente e são enviadas à aprovação do Congresso Nacional.
Hoje, quem recebe aposentadoria ou pensão pelo INSS pode solicitar empréstimos consignados que comprometam até 35% do valor do benefício, além de outros 5% para usar cartão de crédito na modalidade saque. Anteriormente, o valor era de 30%. 
Com a MP, o limite de comprometimento passará para 40% do benefício, mantidos os 5% para o saque.
O empréstimo consignado é aquele cujas parcelas são cobradas diretamente na folha de pagamento ou benefício. Os juros são em média de 25%, porque o tomador não tem a opção de dar calote. 
As dívidas de aposentados e pensionistas no crédito consignado passaram de R$ 786 bilhões, no primeiro semestre de 2019, para R$ 855 bilhões no mesmo período de 2020.
Segundo o INSS, hoje são 34,4 milhões de contratos ativos, sendo que um mesmo beneficiário pode ter mais de um contrato. Conforme regulamento em vigor, o segurado pode ter até nove contratos, desde que a soma das dívidas não ultrapasse a margem de 30% de sua renda.
O que não acontece, se tornando muitas vezes um assalto institucionalizado, já que muitos aposenta-dos acabam fazendo refinanciamentos para pagar as dívidas, como o Grupo JM relatou em matéria publicada na edição de 16 de maio passado.
Com apoio da Associação dos Aposentados de Ijuí, os beneficiários, que chegaram a perder toda a renda para pagar dívidas de financiamentos, tiveram que entrar na Justiça para poder receber parte dos valores das aposentadorias.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por