Notícia

Polícia

Vítima de execução planejou emboscada que matou marido em Ijuí

Postada 29/09/2020



A polícia identificou como sendo Joana Batista Tolotti, de 56 anos, a vítima de assassinato ocorrido no último sábado, em Frederico Westphalen. O crime aconteceu por volta das 19 horas, na rua 8, no bairro São Francisco de Paula. No local, a BM recolheu 17 cápsulas de calibre 380 e mais três projéteis, indicando que Joana possa ter sido alvo de, pelo menos, 20 disparos, situação característica de execução.
Joana tinha sido condenada em junho de 2013, juntamente com Anderson da Silva Pereira, por planejar e matar o empresário Dorvalino Tolotti, em julho de 2011. Sua pena tinha sido fixada em 31 anos e 4 meses de reclusão, em regime inicialmente fechado.
A dupla foi condenada por homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, meio cruel e pelo recurso que dificultou a defesa do ofendido) e também pelo crime de ocultação de cadáver. A pena foi aumentada por se tratar de crime cometido contra maior de 60 anos de idade.
Tolotti foi assassinado na madrugada de 23 de julho de 2011, na garagem do prédio onde morava com a esposa, a ré Joana. Segundo a denúncia do Ministério Público, ela e o amante, Anderson, mataram a vítima em ato premeditado. Tolotti teria ido à farmácia a pedido da esposa e, ao retornar para casa, na garagem do prédio, foi abordado por Anderson que, com uma barra de ferro, desferiu-lhe golpes violentos, que o levaram à morte. Em seguida, o acusado teria abandonado o corpo e o carro da vítima nas proximidades da ponte do Rio Potiribu, na ERS 155.

Por: Leonardo Carlini


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por