Notícia

Geral

Programa visa integrar acolhimento de idosos

Postada 28/09/2020



Uma reunião para debater as mudanças no Programa Família Acolhedora ocorreu entre o prefeito Valdir Heck, os promotores de Justiça, Marcos Roberto Lamin e Marlise Bortoluzzi; a juíza de Direito, Maria Luiza Pollo Gaspary; a coordenadora técnica do Creas, Maria da Graça; a presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (Comdica), Cristiane Barasuol; o presidente do Conselho Municipal do Idoso (Comui), Cláudio dos Santos; e a secretária municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), Romi Rohde.
Segundo Romi, as alterações visam integrar no programa o acolhimento de idosos. Uma nova reunião deverá ocorrer nos próximos dias para ajustar a lei, que posteriormente será encaminhada à Câmara de Vereadores. “Queremos fazer essa alteração porque vivemos em um período em que os idosos estão descobertos de atendimento e de vínculo familiar. O fluxo de atendimento das necessidades básicas dos nossos idosos, junto ao Creas, tem aumentado muito.”
O empenho de todas as partes envolvidas em preservar a vida e o bem-estar dos idosos é parte importante neste processo. “Temos essa dívida de atendê-los nas suas necessidades básicas, então elaboramos essa alteração na lei, e ainda esse mês será encaminhada para a Câmara, para ser analisada e aprovada. Após aprovada, nós a colocaremos em prática ainda neste ano”, garante Romi.
A princípio, o programa tem a finalidade de acolher crianças e adolescentes, que estejam em situação de vulnerabilidade social, com histórico de negligência familiar e/ou risco pessoal e social, com medida protetiva, em famílias voluntárias.  


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por