Notícia

Geral

Heinze debate demandas com empresários do município

Postada 14/09/2020



O senador gaúcho Luis Carlos Heinze, do Progressistas, participou de uma videoconferência com empresários de Ijuí.
O encontro reuniu representantes do Sindilojas, da Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI) e do setor varejista. Na pauta, temas como infraestrutura, com destaque para o Aeroporto Municipal João Batista Bos Filho, as paralelas e a duplicação da BR-285; a revitalização e humanização do Centro Comercial de Ijuí; a construção do pavilhão do futuro  Berçário Tecnológico; reforço na segurança para o município, com aumento do efetivo nas polícias Civil e Militar; e auxílio para a estruturação e capacitação da Agência de Desenvolvimento e Inovação Regional (Adir).
O senador informou aos empresários que o projeto das paralelas da BR-285, que abrange o trecho entre o Posto 44 e o Parque de Exposições Wanderley Burmann, deverá ser concluído ainda neste ano.
"A partir do próximo ano começa a etapa da busca pelos recursos para execução desta obra, que é uma demanda antiga dos empresários ijuienses, que alegam que a atual situação da rodovia acaba travando o desenvolvimento do município, como também a implantação de novos investimentos. A obra está orçada em R$ 150 milhões, um volume expressivo, mas que terá todo o nosso empenho", explica Heinze, em entrevista ao Grupo JM. 
No encontro, ele antecipou aos empresários que está trabalhando na busca por novos recursos para melhorar a infraestrutura do aeroporto. Também explicou que no município, 18.415 pessoas se cadastraram para receber o auxílio emergencial, que já pagou mais de R$ 51 milhões. Agora, com a aprovação de mais quatro parcelas de R$ 300 para cada cadastrado, que serão pagas a partir de 17 de setembro, o restante, cerca de R$ 22 milhões, será disponibilizado e irá girar no comércio local. Com isso, somados também os repasses aos hospitais, Ijuí recebeu mais de R$ 104 milhões do governo federal, em ações de combate ao coronavírus, segundo o senador.
Sem ter envolvimento com a reforma que está sendo proposta pelo governo gaúcho, Heinze ponderou estar preocupado com questionamentos feitos por empresários e moradores gaúchos, apresentados a ele referente às mudanças que podem acontecer, caso a proposta do governo seja aprovada na Assembleia Legislativa.
Heinze aproveitou o encontro para destacar as ações do governo Bolsonaro para fortalecer o empreendedorismo, citando os recursos do Programa de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).
Segundo ele, o Rio Grande do Sul foi o terceiro maior Estado a receber em volume de dinheiro emprestado por meio do Pronampe. Ao todo, foram R$ 1,78 bilhão para 28.322 empresas. Ao Grupo JM, ele informou que está trabalhando para que, pelo menos, outros R$ 1,2 bilhão possam ajudar os empresários gaúchos. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por