Notícia

Política

PDT oficializa candidatura de Ballin à prefeitura de Ijuí

Postada 03/09/2020



O PDT oficializou o nome do ex-prefeito Fioravante Ballin como candidato à prefeitura de Ijuí. O candidato a vice será o advogado Vilson Dorneles, presidente do PSB. A convenção ocorreu durante toda a terça-feira no Diretório Municipal do partido. O evento teve participação presencial restrita para evitar aglomeração devido a pandemia de coronavírus. Ballin recebeu a aprovação de 67 dos 71 filiados aptos a votar na convecção. A chapa é formada por oito partidos e 23 candidatos a vereador A coligação ‘Juntos para cuidar da nossa gente’ é composta pelo Cidadania, PCdoB, PSB, PSD, PSDB, PT e PTB, além do PDT.
Esta será a terceira vez que Ballin vai disputar a prefeitura de Ijuí. A assembleia da sigla foi à primeira realizada no município, na data que abre o período de convenções partidárias, que se estende até o dia 16 de setembro.
O presidente do PDT de Ijuí Paulo Stumm oficializou a candidatura de Ballin ao Grupo JM ontem,  com ataques ao MDB e ao Progressista. 
Stumm ressaltou a importância da união entre os partidos. "Queremos governar por Ijuí e temos muito a colaborar para que nossa cidade possa continuar a crescer. Estamos unidos e motivados. Nosso objetivo foi de se aproximar de pessoas que querem o bem de Ijuí. O PDT está no comando há mais de 30 anos e avançamos muito neste período, mas também tivemos nossos erros, apontados e criticados por muitos partidos, que agora estão juntos com o partido, para que possamos trabalhar e avançar ainda mais", declara.
Segundo ele, a coligação quer dizer à comunidade o que vai fazer e como será feito cada processo. "Entre os apontamentos feitos pelos partidos coligados está o setor de saúde, frisando que cada bairro de Ijuí conta com um Posto de Saúde, no entanto, enfrentam dificuldades pelo fato do atendimento da oftalmologia ainda ser em Tenente Portela e a traumatologia nos municípios de Cruz Alta, Santo Ângelo e  Palmeira das Missões. Como solução, será feito um convênio com o Hospital de Caridade de Ijuí e unir forças de todos os partidos junto a suas bancadas no governo federal para credenciar o Bom Pastor como referência em oftalmologia", adianta.
Stumm destaca que a Executiva do PDT entendeu que o caminho certo era somar a vitalidade do Vilson Dorneles com a vasta experiência do Ballin, proporcionando o salto de qualidade que Ijuí merece, sendo que a coligação obteve 66 votos a favor e cinco contrários. 
RELAÇÃO COM O PP
Questionado pela reportagem sobre a permanência do PP no governo, mesmo após anunciar candidatura própria, ele foi categórico ao afirmar que está faltando uma boa conduta por parte do Progressistas. "O vereador Andrei Cossetin sempre fala que o PDT é um amontoamento de partidos, mas o PP segue no governo. Eu defendo a ideia de que bons exemplos devem ser seguidos. O PDT quando integrou o governo de José Ivo Sartori, ao anunciar candidatura própria, entregou todos os cargos que ocupava. O PT na última eleição municipal, ao oficializar a candidatura de Bira entregou os cargos ao prefeito. E é isso que esperamos, boa ética e boa conduta, mas caso isso não ocorra até o dia 16 de setembro, o Diretório irá conversar diretamente com o prefeito, deixando claro que não concorda com a permanência do PP na administração."
TROCA DE CARGOS  
O presidente do PDT não poupou críticas aos dois partidos que integram o atual governo, o PP e MDB. “Nós, o PDT, viemos aqui e falamos como vamos providenciar a oftalmologia e a traumatologia, mas o nosso oponente, o vereador Andrei Cossetin, vem aqui (Rádio JM) e diz que vai acabar com as filas nos postos, mas não vai contar como para não entregar o ouro ao bandido. Ele vem aqui há três anos, e fala que não negocia cargo, no entanto, o MDB exigiu cargo e nós não aceitamos, interessante, deixo no ar, acho que alguém deu o que eles queriam, e não estou insinuando, estou afirmando, porque o MDB exigiu duas secretarias em troca de apoio, como não aceitamos, eles, com certeza, conseguiram com outro partido. O PDT trabalha aberto, em 30 anos de administração, nenhuma representação foi feita contra o prefeito por desvio de recursos públicos. O partido que fizer uma boa representação na Câmara, vai ter uma secretaria, é isso que a comunidade quer”, finaliza.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por