Notícia

Esportes

Gre-Nal 425 será o primeiro com portões fechados na história

Postada 22/07/2020



Depois de 424 edições, o maior clássico gaúcho será realizado de forma inédita. Já teve goleada, já teve muitas expulsões, já teve partida com árbitro de vídeo, já teve jogo por campeonato regional, nacional e até internacional. No entanto, o Gre-Nal 425 será o primeiro com portões fechados, sem nenhum torcedor na arquibancada do Estádio Centenário, palco do duelo desta quarta-feira, às 21h30. 
O clássico de Caxias do Sul não será o primeiro na cidade, nem mesmo o primeiro afetado por uma pandemia. Afinal, em 1919, depois da gripe espanhola, Grêmio e Inter duelaram pela décima segunda vez na história, com vitória colorada. Naquela ocasião, o estádio contou com a presença de torcedores. Até porque depois do cancelamento do Gauchão de 1918, Grêmio e Inter só se enfrentaram um semestre depois, quando a pandemia já estava controlada. 
O coronavírus transformou a semana Gre-Nal, tradicional no Rio Grande do Sul, em quatro meses de espera pelo clássico. Entre idas e vindas sobre o retorno do Gauchão, o martelo foi batido para o dia 22 de julho. A pandemia não perdoou ninguém, tanto que mexeu até na escalação de Renato Portaluppi e de Eduardo Coudet para o jogo desta quarta-feira. 
O Tricolor deve ter três mudanças em relação ao último clássico. O zagueiro Kannemann, o lateral Guilherme Guedes e o meia Jean Pyerre não iniciaram aquela partida e devem começar o jogo de hoje, ainda que apenas a confirmação da escalação só ocorra minutos antes de a bola rolar no Centenário.
Do lado do Colorado, Coudet pode promover quatro mudanças em relação ao jogo da Libertadores. À época, o recém-chegado Saravia ainda sentia a questão física e Moisés estava se recuperando de lesão. Além disso, Moledo deve ser titular na vaga de Fuchs e D'Alessandro tende a ocupar o lugar de Thiago Galhardo no meio-campo. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por