Notícia

Saúde

Ijuí tem pedido aceito e volta à bandeira laranja

Postada 21/07/2020



Após colocar 90% do Estado sob bandeira vermelha na sexta-feira, no mais grave alerta de risco da pandemia do novo coronavírus, o governador Eduardo Leite divulgou, ontem, um mapa bem menos restritivo. Ao ingressar na 11ª semana de distanciamento controlado, o Piratini estipulou ressalvas a apenas oito das 20 regiões.
O novo cenário mostra uma situação paradoxal. Até semana passada, o Rio Grande do Sul tinha 10 territórios sob bandeira vermelha, ante 76% de ocupação das UTIs. Agora, com esse índice subindo para 78% e um discurso cada vez mais enfático das autoridades, caiu o número de regiões em alerta crítico para contaminação por coronavírus.
Ijuí retornou à bandeira laranja, junto com os municípios de Santa Maria, Santo Ângelo, Santa Rosa, Santa Cruz do Sul, Uruguaiana, Erechim, Cachoeira do Sul, Cruz Alta e Lajeado. Seguem sob bandeira vermelha Porto Alegre, Canoas, Capão da Canoa, Novo Hamburgo, Caxias do Sul, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Taquara. Todas são reincidentes no alerta de risco. 
O governo do Estado recebeu 59 pedidos de reconsideração da classificação preliminar da 11ª rodada do Distanciamento Controlado. Municípios e associações regionais tinham até as 6h de domingo para formalizar os recursos.
Os dados e justificativas foram analisados para que, ontem, o Gabinete de Crise pudesse tomar a decisão e divulgar o mapa definitivo vigente a partir de hoje. Todas as reconsiderações encaminhadas são de municípios em área de bandeira vermelha.
Em contato com o Grupo JM, o prefeito de Ijuí, Valdir Heck, disse que se sentia ‘vitorioso’ por ver Ijuí retornando à bandeira laranja. No entanto, ponderou que a luta segue e que o município precisa avançar para regressar à bandeira amarela e para que não haja mais risco de contaminação em Ijuí.
“Para o comércio, para as entidades que se regram pelos decretos, se manter na bandeira laranja é bom. No entanto, não podemos baixar a guarda. Para nós, que permanecemos na bandeira vermelha no final de semana, fica claro que precisamos trabalhar para reduzir o número de casos. Embora as confirmações tenham diminuído, por dia, seguimos evoluindo no número de casos. As confirmações não param. Enquanto não zerarmos este processo, ou não chegarmos a um patamar aceitável, a nossa luta não pode parar”, disse.
Há uma preocupação, segundo o prefeito, diante da possibilidade de as empresas fecharem. “Óbvio que isso prejudicará o desenvolvimento econômico e social, por consequência.” E disse que medidas serão intensificadas, a partir de agora. “Nas próximas quatro semanas, uma vez por semana, iremos realizar a descontaminação em vários pontos da cidade, onde há uma maior concentração do vírus – a exemplo do Centro e do bairro Modelo, por exemplo”, reforçou o prefeito. 
Mas, não bastam apenas medidas por parte do poder Executivo. A comunidade precisa respeitar o distanciamento social – em filas, por exemplo -, utilizar a máscara, sempre, e manter medidas de higienização.
Serviço de alertas
Desde ontem, o governo do Estado passa a emitir avisos sobre a Covid-19 por meio de mensagens de texto (SMS), utilizando o mesmo sistema de alertas da Defesa Civil. O serviço é gratuito e visa ampliar o acesso imediato da população a orientações e medidas adotadas pelo poder público estadual em relação à pandemia.
O serviço foi anunciado pelo governador Eduardo Leite durante a transmissão ao vivo de ontem. "Usaremos o sistema de alertas da Defesa Civil, que já tem mais de 600 mil usuários cadastrados, para dar avisos sobre as mudanças nas bandeiras e sobre a disponibilidade de leitos de UTI na região", detalhou.
Realizada em uma parceria entre a Defesa Civil e o Comitê de Dados, grupo que trabalha as projeções de cenários e indicadores relacionados ao coronavírus, a ação é similar à já posta em prática para alertas meteorológicos. Em relação à Covid-19, os envios não têm periodicidade definida e serão emitidos para cadastrados de cidades ou regiões do Estado, de acordo com a necessidade.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por