Notícia

Sociedade

Coxilha Nativista terá edição online

Postada 09/07/2020



Pela primeira vez, a Coxilha Nativista de Cruz Alta não vai acontecer como sempre foi em seus 39 anos. A 40ª edição será de forma online, devido à pandemia do coronavírus. É o festival mais antigo que acontece no Estado, de forma ininterrupta. O Festival, que aconteceria neste mês, havia sido adiado para outubro. 
“Nesse momento tão difícil que estamos enfrentando, tivemos que buscar alternativa para realizar o evento. São 40 anos, uma data muito importante e significativa. Iremos comemorar essas quatro décadas e a alternativa mais viável foi a realização da Coxilha online, com transmissão de lives nas redes sociais”, explica o secretário de Cultura de Cruz Alta, Leandro Dal Forno, em entrevista ao Grupo JM.
Um documentário está sendo elaborado pela comissão organizadora e vai conter depoimentos com artistas que fazem parte e ajudaram a construir a identidade do festival ao longo dos anos. As lives serão transmitidas nos dias que aconteceria o festival, dia 29 de julho até o dia 1º de agosto. Serão quatro lives. “Inclusive fizemos uma campanha para as pessoas se inscrevessem no canal no Youtube, e conseguimos mil pessoas inscritas, e assim podemos fazer essa transmissão”. 
A programação conta com shows de Emanuele Macuglia, representando os talentos da Coxilha Piá e Piá Taludo; Fabi Lamaison com o show “As vozes femininas no palco da Coxilha” e Nando Soares e a banda Amigos de Jorge, com o "Tributo a Jorge Freitas".


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por