Notícia

Saúde

Ijuí: Covid-19 ainda não impacta rede hospitalar

Postada 23/06/2020



Doutor em Epidemiologia e professor de Epidemiologia na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Paulo Petry demonstrou, em entrevista, sua preocupação com a visível curva ascendente em número de casos e óbitos por Covid-19 no País. Segundo ele, em números absolutos de mortes, o País é o segundo maior, mas, em números relativos, quando se trabalha com mortes por milhão de habitantes, cai para o 10º lugar - o que não chega a ser motivo para comemoração.
Como exemplifica, a variação entre os números de 1º a 15 de junho, na Bélgica, por exemplo, foi de 1,8% a mais, enquanto no Brasil foi de 47%. Um mês atrás, no dia 20 de maio, eram 291.579 infectados e 19.951 óbitos. O crescimento de vítimas fatais foi de 150,49% nos últimos 30 dias, enquanto o número de casos confirmados do novo coronavírus, em território nacional, cresceu 266,13%, chegando a 1.067.579. 
A própria Organização Mundial da Saúde alertou, ontem, que a propagação global do novo coronavírus está acelerando depois que uma alta diária de 150 mil novos casos foi relatada na semana passada. A Covid-19 infectou mais de 8,8 milhões de pessoas no mundo e levou 464 mil pessoas ao óbito, segundo dados compilados pela Universidade Johns Hopkins.
O crescimento citado pode ser acompanhado de perto. Ijuí, no dia 1º de junho, registrava 21 casos positivos, segundo Boletim Epidemiológico divulgado pelo poder Executivo. Até ontem, eram 113 casos e um óbito na cidade.
Apesar da alta, a rede hospitalar local ainda respira aliviada. Segundo a diretora executiva do Hospital Bom Pastor, Rosane Schiavo, a instituição possui 42 leitos cadastrados para Covid-19 - e, neste momento, todos estão disponíveis.
Segundo o assessor de Comunicação, Allan Fonseca, o Hospital de Caridade de Ijuí (HCI) possui 20 leitos na Unidade Covid, onde ficam os pacientes clínicos. Até ontem, havia somente quatro internados. "Temos 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para Covid, em casos de gravidade, que serão acionados pelo Estado caso seja necessário. Até o momento, não temos pacientes na UTI com Covid-19", destacou o assessor,  lembrando que a instituição possui outros 20 leitos de UTI, que sempre mantêm a média de 80% de lotação. "O hospital é regional e quem controla essa questão é a Central de Leitos do Rio Grande do Sul, ou seja, o governo", reforçou, pontuando que, para estes leitos, destinam-se pacientes com outras patologias.
Allan lembrou, ainda, que o Estado já solicitou ao Ministério da Saúde 10 kits de leitos de UTI extra. O pedido foi feito pela secretária estadual de Saúde, Arita Bergmann.
Segundo o coordenador da Assessoria de Comunicação Cooperativa João Luís Bindé, o Hospital Unimed Noroeste-RS está com quase 100% da sua capacidade total utilizada - um total de 112 leitos em situação normal. Quanto a leitos de internação, há 60 disponíveis e 41 ocupados no momento, nas três unidades - chamadas de 100, 200 e 300. A última, 300, direcionada a pacientes Covid-19, conta com 18 leitos, sendo que 11 pacientes estão internados. Nenhum está na UTI, segundo Bindé.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por