Notícia

Política

PSB esfria relação com PP e se aproxima do PDT

Postada 04/06/2020



Com a proximidade das Eleições municipais, marcadas para outubro, partidos políticos se articulam para composição de coligações. Em Ijuí, o jogo político está em constante movimento.
No começo do ano, o PSB, dos vereadores César Busnello e Jeferson Dalla Rosa,  mantinha conversas com o Progressistas, com indicativo de compor uma chapa tendo Andrei Cossetin como pré-candidato a prefeito. Com o passar do tempo, as conversas tomaram outro rumo, e hoje o PSB estuda três cenários: concorrer com chapa própria à majoritária, manter diálogo com o Progressistas ou construir um projeto de governo com o PDT. "É prematuro afirmar. Temos nos reunido com o Executivo e aberto a conversas", pondera o presidente do PSB, Vilson Dornelles.
Em entrevista ao Grupo JM, ele contou que houve um distanciamento do Progressistas. "Com o tempo, novas oportunidades surgiram. Passados quatro meses, parece que esse desejo é somente do PSB. O Progressistas não tem a mesma reciprocidade, esfriou a situação."
Dornelles conta que, diante disso, e com a procura do partido por parte do pré-candidato do PDT, Fioravante Ballin, que propôs um projeto de governo em conjunto com o PSB, o diálogo teve novos rumos. "Até pela questão nacional, onde PSB e PDT já alinharam estar juntos nas disputas das eleições municipais, abriu essa segunda possibilidade, e a ideologia de nosso partido é muito forte para esse alinhamento com o PDT. Agora aguardamos e veremos qual a melhor solução para o PSB apresentar."
Dornelles acentua que o objetivo do PSB é claro: ocupar um espaço em que tenha a oportunidade de apresentar seu projeto de governo à sociedade. Questionado sobre a possibilidade de montar uma chapa de centro esquerda, com PDT, PT e PCdoB, o presidente do partido não descarta, mas também não confirma. "Procuramos conversar com outras lideranças, e construir caminhos, alternativas. Com o PCdoB, desde 2008, estamos no mesmo terreno, e mantemos esse alinhamento junto ao PCdoB, que tem lideranças qualificadas que podem contribuir com o mesmo ideal que nós, socialistas, temos. E o PT, que esteve junto em uma chapa de oposição à atual administração, sempre mantemos clara uma conversa. Mas, não tem nada construído de bloco e nada acertado."
Na última reunião da Executiva do partido, o nome de Dornelles foi indicado para ser o representante do PSB na composição de uma chapa à majoritária. "Definimos, o nome para a disputa é o meu sim, tanto em uma candidatura com Andrei Cossetin quanto com Fioravante Ballin. Nosso PSB é um partido que gosta de construir lideranças, não somos de interesses e divisões e sim de coletivo. Temos um quadro partidário bem qualificado e nosso objetivo é a construção de um projeto de governo com as referências de administração do partido e os eixos que têm a oferecer, uma gestão única de resultados."
Dornelles disse ainda que o PSB busca nas próximas Eleições manter as duas cadeiras no Legislativo e construir novas lideranças, para isso, serão apresentados 15 nomes na disputa à Câmara Municipal.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por