Notícia

Esportes

Goleiro Lúcio aprimora a parte física neste período

Postada 28/04/2020



Goleiro Lúcio com o amigo Patrick Mali, que o acompanha sempre

O goleiro Lúcio, um dos jogadores que possui contrato com o São Luiz até o final do mês continua  aguardando a retomada do futebol. "Nesta situação que a gente está passando a quarentena, tenho tirado mais  um tempo para ficar de resguardo, como o pessoal do clube pediu, a diretoria, o departamento médico e comissão técnica. É necessário neste momento estar treinando, mantendo a parte física. A gente sabe que esse período é um pouco delicado, necessitando todo o cuidado com nossa saúde. Precisamos nos cuidar, mas ao mesmo tempo, apesar desta incógnita de não sabermos quando o Gauchão pode retornar,devemos continuar mantendo a forma para que possamos no momento de retorno ao futebol estar à altura do clube". Disse que tem feito bastante trabalho em academia, força, velocidade, treino aeróbico, correndo na rua, mas pouco contato com bola. "A única diferença dos demais atletas é que tenho contato mais com a parte física, mais cognitiva, com alguns trabalhos que consigo desempanhar dentro da academia.O ideal seria trabalhar a parte técnica como se exige de um goleiro, mas no momento não é possível".
Lúcio disse que não dá para opinar se acontecerá mesmo o reinício do Campeonato Gaúcho, lembrando que já se passaram mais de um mês da paralisação. Afirmou que apesar dessa indefinição, o atleta precisa estar focado, buscando a manutenção do objetivo que é a permanência do São Luiz na 1ª Divisão.
O goleiro salientou que tem conversado com a direção sobre a possibilidade de permanecer para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro, mas vai depender dos dirigentes. Afirmou que o seu interesse é continuar e jogar a competição nacional. "Estou muito feliz em Ijuí, tive a oportunidade de estar em campo, jogando o Gauchão, quero seguir aqui".
Domingo, 26 de abril ,foi comemorado o Dia do Goleiro. Lúcio revelou que recebeu muitas mensagens de amigos e familiares, pessoas que acompanham o seu trabalho no dia a dia ou que já o conhecem de outros anos. Afirmou que gosta de brincar com eles dizendo que o dia do goleiro mesmo, é o dia que ele mão toma gol."Tem uns 40 dias que estou comemorando o dia do goleiro. Fico feliz de fazer parte dessa história. O São Luiz sempre teve grandes nomes representando a meta do Rubro".
Lúcio recordou que a defesa mais marcante na carreira em Ijuí foi na  estreia com a camisa do São Luiz, um lance contra o Internacional na derrota por 4 a 3, Gauchão deste ano. Teve a oportunidade de fazer duas intervenções seguras no primeiro tempo e outra no segundo tempo, um lance de arremate dentro da área do São Luiz. Acabou completando a defesa de mão trocada, lance que exigiu um certo grau de velocidade e reação.
O atleta disse que o clube tem boas chances de continuar dentro do cenário da elite do futebol gaúcho.  Para isso , precisará pontuar nos jogos restantes diante do São José(POA), Aimoré de São Leopoldo e Brasil(Pel).
Adepto ferrenho do jiu-jitsu ,o goleiro lembrou que não tem agora a oportunidade de aprimorar um pouco as técnicas até porque é uma luta corporal que envolve muito contato. Com as academias fechadas por conta da quarentena, não está treinando como gostaria.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por