Notícia

Saúde

Concluída nova etapa do estudo em Ijuí

Postada 28/04/2020



No fim de semana, foi realizada a segunda etapa da pesquisa que mapeia o avanço da Covid-19 no Rio Grande do Sul. Ijuí, assim como outros oito municípios, participam do estudo, encomendado pelo governo do Estado e coordenado pela Universidade Federal de Pelotas (Ufpel). Da iniciativa, é parceria a Unijuí, que, já na sexta-feira, fez o treinamento dos voluntários que foram a campo no sábado e no domingo.
“Concluímos 50% da pesquisa, que tem mais duas rodadas pela frente. Na sexta-feira pela manhã, requalificamos os voluntários que participaram da primeira rodada e, à tarde, os novos. Fechamos com 26 entrevistadores, que cobriram 50 setores censitários do município. Tivemos uma dinâmica que nos possibilitou, em menos tempo, alcançar a meta dos 500 testes exigidos”, explicou a professora Evelise Berlezi, que coordena as atividades em Ijuí.
Participaram da iniciativa estudantes ligados aos cursos da área da Saúde, orientados por professores da Unijuí (DCVida) e pelo Instituto de Pesquisa e Opinião de Pelotas. Todos os participantes foram testados antes da ida a campo. Para esta rodada, os pesquisadores ganharam um reforço na segurança, por meio de doação da Criatec e empresa incubada Doled, que produziu máscaras de acrílico, as face shields.
“Temos contado com o apoio da mídia local para divulgar à população que o teste é seguro e que os voluntários estão bem treinados. Buscamos mostrar que a participação na pesquisa produzirá dados que servirão para toda a sociedade”, destacou a professora, lembrando, no entanto, que notícias falsas (ou fake news) acabaram dificultando o trabalho neste final de semana em Ijuí. “Infelizmente, notícias falsas acabaram correndo na comunidade. Nossos voluntários bateram em residências em que os moradores se negaram a participar da pesquisa, porque foram orientados a isso, já que os testes estariam contaminados. Não sabemos de onde partiram estas informações, mas elas causaram um prejuízo enorme às pessoas que poderiam ter participado da entrevista e do teste”, reforçou Evelise, lembrando que o maior número de recusas aconteceu nos bairros Getúlio Vargas e Luiz Fogliatto. “Teremos que fazer um trabalho de divulgação nestas localidades, para as próximas rodadas da pesquisa.”
A próxima etapa será realizada no final de semana do dia 10 de maio. A ideia da Universidade é treinar mais voluntários para que a meta, de 500 entrevistas e testes, seja alcançada num único dia. O resultado desta segunda rodada será novamente divulgada pelo governo do Estado, provavelmente nesta quarta-feira.
Para além de Ijuí, participam do estudo as cidades de Pelotas, Santa Maria, Uruguaiana, Passo Fundo, Caxias do Sul, Santa Cruz do Sul, Lajeado e a grande Porto Alegre. A população das cidades pesquisadas equivale a 31% da população gaúcha. Pesquisadores foram até as casas sorteadas e coletaram uma gota de sangue de um dos moradores para realizar o teste. Enquanto o resultado ficava pronto, um questionário foi aplicado.

 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por