Notícia

Polícia

Suspeito de gravar assassinato e matar homem em hospital é preso

Postada 17/03/2020



Um criminoso de alta periculosidade foi preso na manhã de ontem em Ijuí. A polícia acredita que ele tenha participação em pelo menos três recentes assassinatos. A ocorrência policial teve início após a Seção de Inteligência identificar uma residência na Rua Aparício Assis Quadros, bairro Modelo, onde indivíduos que cometeriam novos crimes estavam morando. 
Diante disso, um veículo Jac 3 foi avistado saindo da casa. Na Rua 13 de Maio, área central do município, o automóvel foi abordado. Foi constatado que o carro havia sido roubado e posteriormente clonado. 
Dentro do veículo, que era dirigido por um jovem de 18 anos, natural de Coronel Bicaco, foram encontrados cinco cartuchos calibre 12 intactos e 10 cartuchos calibres 12 deflagrados. No porta-malas, ele carregava estojos calibre 12 deflagrados, uma bermuda e um tênis, sendo pertences de seu companheiro de crime. O indivíduo acabou recebendo voz de prisão e apresentado na Delegacia de Polícia Civil, sendo conduzido posteriormente à Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí. 
Pouco tempo depois, a BM efetuou a prisão de um dos procurados de alta periculosidade na região. As guarnições que permaneceram cuidando a casa suspeita no bairro Modelo, ainda acompanhavam a movimentação na residência quando visualizaram um jovem de 19 anos. Ele e sua esposa perceberam a presença policial e tentaram fugir correndo para dentro da casa. 
No entanto, após a perseguição, o foragido acabou preso pela BM. Em revista nos cômodos, os policiais localizaram uma espingarda calibre 12 com seis cartuchos intactos e outro pronto para o uso. 
O preso foi identificado como sendo natural de Carazinho. Para a BM, segundo o comando do 29º Batalhão de Polícia Militar, ele confessou a autoria de pelo menos três assassinatos. 
Na primeira ocorrência, no dia 7 de março, ele, juntamente com outros dois suspeitos invadiram o Hospital de Caridade de Carazinho (HCC) cometendo uma execução. O preso teria efetuado os disparos.
O crime foi registrado durante a manhã. Na ocorrência, Wilian Gabriel Claro Severo, de 19 anos, foi morto a tiros quando estava internado em um quarto do posto 1 da casa de saúde. A vítima estava hospitalizada depois de sofrer uma tentativa de homicídio. 
Em outro assassinato, ocorrido no dia 26 de fevereiro, o jovem teria matado João Batista Flores Franco, de 54 anos. O crime ocorreu na rua Tobias Barreto, bairro Luiz Fogliatto, nas proximidades da Penitenciária Modulada Estadual de Ijuí. 
Ele é suspeito de ter invadido a residência do homem que havia sido dispensado do Instituto Penal de Ijuí. Munições de calibres 9 e 12 milímetros foram encontradas no local. 
No caso mais grave, foi apurado que o jovem teve participação na morte do ijuiense, Anderson Soares dos Reis, de 24 anos, em uma área rural de Cruz Alta. Os fatos tiveram repercussão em todo o Estado, tendo em vista que a morte de Anderson foi gravada pelo grupo.  
Três vídeos que foram compartilhados em grupos de WhatsApp no dia 29 de fevereiro e mostravam a violência do grupo. Em um deles, Anderson estava rendido, e, de posse de armas de fogo, os executores efetuaram diversos disparos nas regiões torácicas e da cabeça. 
Na manhã seguinte, os criminosos retornaram ao local e gravaram outras imagens. De posse de celular, o indivíduo preso ontem teria filmado seu comparsa tentando decapitar Anderson.  
Em outro vídeo, de posse de armas de fogo, o preso, juntamente com outros dois jovens, ameaçava uma facção rival. Ele vestia a mesma bermuda e tênis localizados pela polícia ontem no carro roubado que era dirigido pelo seu comparsa. 
Conforme o capitão Gilmar Bischoff, a dupla agia junto. O preso de Carazinho, por não conhecer a cidade, era acompanhado pelo outro jovem. 
“Todos os crimes tiveram requintes de crueldade. Ele se demonstrou uma pessoa muito fria. A violência dessa pessoa e arma que ele utilizava eram preocupações dos policiais”, revelou. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por