Notícia

Esportes

São Luiz quer identificar autor de injúria racial

Postada 11/03/2020



Atacante Tilica registrou que foi vitima de injúria racial no jogo disputado segunda-feira em Ijuí

O São Luiz trabalha na identificação do torcedor que teria cometido o ato de injúria racial contra o atacante Tilica, do Caxias no jogo da última segunda-feira no Estádio 19 de Outubro. Seria uma pessoa  que estaria com uma camisa bege e não identificada com o clube. Ontem à tarde à tarde aconteceu na Baixada uma reunião  convocada pelo presidente Pedro Pittol. O diretor jurídico Vilson Dornelles confirmou que o São Luiz procura esse torcedor até para minimizar uma possível punição que a agremiação poderá sofrer. A investigação é por meio de imagens e depoimentos de outros torcedores. O clube aguarda uma possível denúncia por parte da Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva(TJD).A Federação Gaúcha de Futebol na noite de segunda-feira publicou uma nota de repúdio dizendo que está indignada com o ato. "O árbitro, Anderson da Silveira Farias, tomou conhecimento do episódio e, seguindo as diretrizes da Fifa para acontecimentos desta natureza, determinou a paralisação imediata do jogo.Há menos de dois meses, lançamos, em parceria com Ministério Público, Polícia Civil e OAB/RS, a campanha “Juntos -Contra a Violência e o Preconceito”, com o objetivo de combater hostilidades dessa ordem nos campos de futebol do Rio Grande do Sul.Repudiamos qualquer ato de discriminação e reiteramos que recusamos o racismo em todas as suas formas de manifestação.A FGF se compromete a providenciar o apoio necessário ao atleta e afirma que, tão logo a súmula e o relatório da partida estejam disponíveis, serão encaminhados ao Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul para apuração e julgamento dos fatos. 
O São Luiz no início da madrugada de ontem através de uma nota disse o seguinte: "É inadmissível que no ambiente desportivo, cuja característica principal é a agregação entre os povos, tenhamos que conviver com atitudes criminosas de discriminação contra atletas de futebol ou a quaisquer outros envolvidos. O Esporte Clube São Luiz está atento as práticas de atos de racismo e não vai tolerar estas atitudes, denunciando às entidades autoridades competentes, bem como exigindo sua mais firme apuração de responsabilidades".
O atacante Tilica, do Caxias registrou na tarde ontem um boletim de ocorrência na Brigada Militar em virtude dos atos de injúria racial que recebeu na partida contra o São Luiz na última segunda-feira. O jogador ouviu os insultos de um torcedor que estava atrás de uma das goleiras do Estádio 19 de Outubro aos 39 minutos do segundo tempo, após ser substituído na partida valendo pela Taça Francisco Novelletto Neto, returno do Gauchão.
 O São Luiz teve reapresentação ontem à  tarde no Estádio 19 de Outubro. Após a derrota de 2 a 1 sofrida para o Caxias , segunda-feira à noite na Baixada, a equipe iniciou a preparação para o jogo de domingo às 11h da manhã na Arena diante do Grêmio. O volante Tássio deixou o campo sentindo uma pancada no tornozelo e faz tratamento. O zagueiro João Marcus com dores no púbis não treinou.
 O segundo resultado negativo no returno e a quinta derrota em sete jogos deixam o time na lanterna do Campeonato e mais próximo do rebaixamento em 2021. O Rubro está em 12º lugar. São sete partidas, cinco derrotas e um empate e uma vitória. Marcou nove gols e sofreu 13, saldo menos 4. Aproveitamento de 19%. 




Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por