Notícia

Educação

Escolas particulares dão início às aulas

Postada 18/02/2020



A segunda-feira foi de retorno às salas de aula aos alunos do Sagrado Coração de Jesus (CSCJ), Colégio Evangélico Augusto Pestana (Ceap) e Centro de Educação Básica Francisco de Assis (EFA).
No CSCJ, tanto na parte na manhã quanto no turno da tarde, os alunos foram acolhidos no pátio e encaminhados para o auditório, onde participaram de um momento de espiritualidade. Houve um momento de integração, com brincadeiras, pela manhã; e uma peça de teatro apresentada à tarde. Segundo a diretora, Lorena Beal, mais de 900 estudantes fazem parte do educandário atualmente – desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.
“Tivemos, na última semana, a realização de uma formação pedagógica aos professores, em preparação ao início das aulas e planejamento do ano letivo. Estamos preparados e na expectativa de colher bons resultados neste ano”, destacou, lembrando que a escola vem crescendo, ano após ano, e apostando na área tecnológica. Outra novidade, para 2020, é que estão sendo finalizadas as obras de ampliação de cinco salas, no terceiro andar do prédio da escola. Lá, serão instalados os laboratórios, dando espaço a salas de aula no andar inferior.
Na EFA, as atividades iniciaram com um ciclo de estudos, na última semana, direcionado aos professores. Ontem, a escola recebeu os estudantes com a problematização dos 17 objetivos da ONU, uma lista dentro do projeto da agenda 2030, que tem por objetivo desenvolver ações em todo mundo. Segundo a coordenadora Eduarda Burckardt, a ideia foi provocar os alunos, já no primeiro dia de aula, a desenvolver ações partindo do princípio da pesquisa, ampliando o conhecimento sobre as temáticas listadas, mobilizando-os a pensar ações de impacto social na escola e na comunidade.
A atividade aconteceu por meio do uso de Qr Codes que estavam disponibilizados logo na entrada da escola. Assim, os estudantes fizeram o acesso com seus celulares e foram respondendo à pergunta "como fazer do mundo um lugar sustentável?". As respostas apareceram em tempo real no telão do auditório, dando início a um debate conduzido pelos professores Jader da Silveira e Gilmar Walker e que, posteriormente, se estendeu para sala de aula, sendo finalizado com a mediação do professor Josei Pereira, no auditório. À tarde, as crianças e famílias foram recepcionadas pelos professores em um momento de acolhida, adaptação e recreação.
Já no Ceap, as aulas iniciaram com uma atividade diferenciada: os alunos foram recepcionados pela turma do Terceirão. Depois, seguiram para as aulas, que passam a contar com novidades, a partir do Sistema Anglo de Ensino. “O que nos move é toda essa expectativa a partir do acréscimo pedagógico que teremos com o Sistema Anglo, com a Robótica na Educação Infantil, com a plataforma de matemática para os alunos do 3º ao 6º Ano do Ensino Fundamental. Há muitas novidades que resultaram num início de ano com estudos intensos, por parte dos professores”, reforçou o diretor, Gustavo Malschitzky.
A partir da BNCC e do Referencial Curricular Gaúcho, todos os planos de estudo da Educação Infantil e do Ensino Fundamental já foram adaptados para este ano. O Ceap, como lembra o diretor, segue com a média de 600 alunos.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por