Notícia

Educação

Cresce a busca por vagas em escolas municipais

Postada 07/02/2020



Utilizando um sistema online de matrículas pela primeira vez, a rede municipal de ensino tem registrado grande procura por vagas neste ano. Segundo o titular da pasta, Eleandro Lizot, o diferencial, em 2020, é que a rede estadual não ofertará a Pré-escola. Logo, houve uma procura maior por vagas para alunos de 4 e 5 anos – faixa etária que o município é obrigado a atender. “Até o início das aulas, queremos estar organizados para atender a todo este público”, destacou o secretário, lembrando que a Secretaria Municipal de Educação (Smed) está, inclusive, fazendo convênios com a rede estadual para abrir turmas nas suas escolas. “Essa possibilidade o Estado nos oferece. Já estamos considerando que teremos, ao todo, em torno de 13 novas turmas na nossa rede em 2020. O que representa um número bastante expressivo de alunos, diante do que possuíamos.”
O período para solicitação de transferências ainda está aberto na rede municipal, e se estende até o dia 14 de fevereiro, por meio do site ijui.rs.gov.br. As aulas terão início no dia 19 deste mês.
Já em relação à Educação Infantil, e aos alunos com idades entre 0 e 3 anos, o município ainda não conseguiu atender à demanda existente. A estimativa, hoje, é que 400 vagas teriam que ser criadas para atender a todas as crianças que procuraram por escola. “Por isso que a secretaria, dentro do seu planejamento, está sempre buscando investir, no sentido de abrir novas turmas. As obras da Escola Trilha do Saber já estão prontas e teremos, lá, a criação de 80 vagas para atender esse público dos 0 aos 3 anos.” Também está em andamento a construção da escola de Educação Infantil do bairro Jardim, que depende, para ser finalizada, da regularidade dos repasses do governo federal. “Neste ano, com recursos próprios, queremos construir um novo prédio para a Escola Casa da Criança. Ali, vamos chegar a dobrar a capacidade de atendimento”, reforça o secretário, lembrando que a oferta de vagas ficará para 2021, mas ajudará a atender essa fila de espera. “Estamos sempre buscando ampliar a nossa rede, mas observando, sempre, se essa capacidade de ampliação não vai inviabilizar o município dentro de outras áreas ou dentro da própria área de educação. Para que não seja necessário o corte em outros setores, também fundamentais.”
Antes mesmo de sair para o período de férias, Lizot já havia dado encaminhamento para algumas nomeações – foram 25, no total, de novos profissionais para a rede. Há alguns contratos emergenciais em andamento, além do concurso público, que possibilitará repor professores ao longo do ano.
Quanto à matrícula de crianças de cinco anos no Ensino Fundamental, flexibilizada nas escolas estaduais, a rede municipal segue as orientações do Sistema Municipal de Ensino, que são as diretrizes definidas pelo Conselho Municipal de Educação, a partir daquilo que está disposto pelo Conselho Nacional.  Ou seja, apenas alunos com seis anos completos ou que atingem essa idade mínima até 31 de março podem ser matriculados no 1º ano do Ensino Fundamental. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por