Notícia

Polícia

Homem sequestrado em ataque no Lambari continua desaparecido

Postada 10/01/2020



Juliano Soares, de 33 anos, segue desaparecido após ataque de criminosos ocorrido no Beco das Jardas, no bairro Lambari, em Ijuí. Relatos de testemunhas indicam que o homem sofreu um disparo de arma de fogo que o atingiu na região da perna. Após isso, ele foi obrigado a entrar em um dos carros pertencete ao grupo. 
Em entrevista à rádio Jornal da Manhã, a irmãde Juliano, Fernanda Soares, pediu o apoio da comunidade para achá-lo. "Eu e minha mãe estamos angustiados. Quremos encontrá-lo. Não sabemos se ele está vivo ou morto", revelou.
O delegado Maurício Posselt, que conduz as investigações, disse que diversas diligências estão sendo realizadas para identificar o paradeiro de Juliano. Quanto a um jovem de 19 anos que está UTI do Hospital de Caridade de Ijuí, Posselt revelou que ele sofreu sete tiros nas regiões da cabeça, abdômen e pé. O estado do jovem é estável. 
Uma adolescente de 13 anos, ferida nas costas, recebeu alta hospitalar.

O ataque
Cerca de dez criminosos armados invadiram o Beco das Jardas, no bairro Lambari na madrugada de quinta-feira, 9. Os executores entraram em uma residência e mataram uma mulher e deixaram outros dois jovens feridos, sendo uma adolescente de 13 anos e um jovem de 19 anos. A vítima foi identificada como sendo Claudete da Silva, de 67 anos, residente no beco das Jardas. A mulher que faleceu era caiderante.
Um homem, identificado como Juliano Soares, de 33 anos, após sofrer um disparo de arma de fogo, foi levado de refém pelos criminosos. A comunidade relata que foram ouvidos mais de 100 disparos.

Por: Leonardo Carlini


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por