Notícia

Economia

Sicredi das Culturas isenta associado de nova cobrança

Postada 08/01/2020



Valorizando a sua proposta de valor baseada no cooperativismo, a Sicredi das Culturas RS/MG irá isentar seus associados da nova cobrança de tarifa de até 0,25% ao mês para quem possui limite no cheque especial.  “No cenário econômico, esta tarifa foi estabelecida buscando financiar e amenizar a queda dos juros do cheque especial. Na Sicredi das Culturas, ela não será aplicada, tendo em vista nosso posicionamento enquanto instituição financeira cooperativa em oferecer serviços com taxas mais acessíveis em relação à média de mercado. Dessa forma, além da diminuição das taxas de juros do cheque especial, também teremos a isenção dessa tarifa aos nossos associados”, explica o diretor Executivo da instituição financeira cooperativa, Roque Enderle. 
A partir da resolução nº 4.765, o Conselho Monetário Nacional (CMN) autoriza as instituições financeiras a cobrar a tarifa de 0,25% a.m de associados ou clientes que têm limite de cheque especial maior que R$ 500 ao mês. Taxa que não será praticada pela instituição financeira cooperativa. Atendendo a esta resolução, a Sicredi das Culturas RS/MG também diminuiu a taxa de juros praticada para novas concessões de cheque especial em até 43,05% para Pessoas Físicas e Pessoas Jurídicas enquadradas como microempreendedores individuais (MEIs). O documento disciplina o produto cheque especial nas instituições financeiras, limitando a taxa de juros cobrados a no máximo 8% a.m para estes dois segmentos.
 A partir desta medida, a cooperativa valoriza ainda mais o relacionamento próximo com o associado, “buscamos colaborar com a sua prosperidade quando oferecemos soluções financeiras de forma responsável, descomplicada, adequadas ao seu momento de vida e capazes de agregar renda e gerar valor para seus projetos. Isso demonstra na prática a nossa proposta de valor, baseada no cooperativismo”, destaca o diretor, complementando que o cheque especial trata-se de um limite de crédito de uso temporário e emergencial. “Temos um amplo rol de produtos e serviços que podem auxiliar nossos associados na organização da sua vida financeira. Interessados podem buscar atendimento nas nossas agências da região”.
A nova regra entrou em vigor ontem.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por