Notícia

Geral

Primeira criança de 2020 de Ijuí nasceu no HCI

Postada 03/01/2020



Hanaisa Zarth Haerter é a primeira criança a nascer em Ijuí, no ano de 2020, no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). Filha de Tacimara Zarth e André Haerter, Hanaisa chegou ao mundo pelas mãos da médica Tamires Fischer, às 2h da manhã do dia 1º de janeiro, pesando 3,5 quilos, medindo 51 centímetros. Segundo o pai, André, o parto foi normal e muito tranquilo.
Na noite do dia anterior, o casal, que reside no interior de Coronel Barros, estava em casa, assando uma carne para a virada de ano, quando, por volta das 21h, Tacimara começou a sentir as dores do parto. "Tacimara não se queixa por pouca coisa, então ela percebeu que estava na hora, e viemos imediatamente, todo o procedimento foi feito e às 2h da manhã foi uma alegria de tê-la nos braços", conta André, emocionado, sobre a chegada da primeira filha do casal. "Essa data vai ficar para a história."
Ao Grupo JM, ele contou que logo após o parto, mãe e filha se recuperavam tranquilamente, mas, o pai tem grandes expectativas para os próximos dias. "Está toda da mãe agora, porque precisa muito da amamentação, espero que queira meu braço também. Na primeira noite fiquei com ela, consegui fazê-la parar de chorar, porque a mãe não estava perto, e agora que está, só que a mãe", conta, feliz. "É parecida com o pai, com certeza."
Tacimara e Hanaisa deram alta da instituição de saúde no final da manhã de ontem, logo após a visita do Grupo JM, que também conversou com a coordenadora da Maternidade do HCI, enfermeira Mariana Frohlich Aliev. Ela conta que o nascimento de Hanaisa, assim como dos demais bebês, emocionam os profissionais. "Expectativa grande em saber qual o primeiro bebê do ano. Ficamos felizes e damos todo o apoio, participando deste momento lindo. Todo bebê que nasce, nos marca, mas o primeiro do ano, por toda a expectativa do ano novo, marca mais ainda."
Na manhã de ontem, 10 gestantes estavam internadas na Maternidade do HCI, que atende a 20 municípios da região. Destas,  três gestantes já haviam dado à luz um parto normal e duas cesáreas.
A reportagem do Grupo JM entrou em contato com o Hospital  da Unimed Noroeste, e não foram registrados nascimentos no período solicitado.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por