Notícia

Educação

Greve perde força nas escolas da região

Postada 17/12/2019



Sem data para terminar, a greve continua na rede estadual de ensino. Porém, na região de abrangência da 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), muitos dos educadores já retornaram às suas atividades, conforme destacou o titular da pasta, Cláudio de Souza. “Hoje, temos quatro escolas totalmente paralisadas na região. Outras 14 estão paralisadas parcialmente e 42 já voltaram às atividades. Já iniciamos, inclusive, o processo de recuperação destes dias e da carga horária dos educadores”, destacou Cláudio.
Conforme levantamento realizado, até esta sexta-feira, dia 20, deverão concluir o ano letivo 22 escolas da região. Até o dia 30 de dezembro, mais 20 educandários. Serão 42 escolas, em um universo de 61, que vão concluir o ano ainda em 2019. Mas, outros 19 educandários entram o mês de janeiro em aula. A expectativa é que 14 deles concluam o ano letivo até o dia 15 de janeiro; os outros cinco, na semana seguinte.
“As escolas retornam e precisam ajustar o calendário, que deve ser aprovado pelo Conselho Escolar antes de o documento ser encaminhado para a 36ª CRE, para que possamos homologar. As escolas que concluem até o dia 15, iniciam tranquilamente o próximo ano letivo em fevereiro, em uma das datas previstas: 17, 18 ou 19. Já as escolas que vão passar desta data, provavelmente vão iniciar as aulas no início de março. Precisamos garantir 30 dias de férias aos educadores entre os meses de janeiro e fevereiro”, explica o coordenador.
Na sexta-feira, finalizou o prazo de inscrições para o Banco de Cadastro Temporário para Contratação Emergencial da Rede Estadual. A regional recebeu 652 inscrições, até o dia 13, tanto para professores quanto para servidores de quatro áreas (alimentação, limpeza, monitor e secretário de escola) e especialistas (orientador e coordenador pedagógico). Mas há outras inscrições encaminhadas via correio, o que fará com que as inscrições cheguem a cerca de 700. Agora, inicia-se o período de seleção.
Já na próxima semana, a 36ª CRE também deverá começar a trabalhar no quadro de recursos humanos das escolas da região, a fim de verificar quantos professores e servidores vão se afastar, se aposentar, e quantas substituições serão necessárias.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por