Notícia

Polícia

Furto e estelionato lideram índices em Ijuí

Postada 16/12/2019



O penúltimo balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado, nesta semana, aponta que em Ijuí foram registrados 1.212 crimes de janeiro a novembro deste ano. Os  dados são referentes aos crimes de maior potencial de violência e  que são divulgados pelos órgãos de segurança. Não constam neste levantamento os dados relacionados a violência contra a mulher. 
Segundo o relatório, lideram o ranking de crimes os casos de furto, com 714 registros, e em segundo lugar, o de estelionato, com 138 casos. Em média, dois casos são registrados por dia no município. Muito relacionado ao tráfico de drogas, os crimes de furtos são vistos pelas autoridades policiais como forma de usuários usarem os objetos como moeda de troca por drogas. Os principais alvos são celulares, televisões e centrífugas. 
 Já nos casos de estelionato, a média é de um registro a cada dois dias e a Polícia  Civil aponta que os eles têm aumentado, principalmente nos golpes relacionados à venda e compra via internet. Registros como o golpe do bilhete, onde a vítima entrega um valor em troca de um falso bilhete premiado, não têm sido tão frequentes no município. 
Se comparado ao mesmo período do ano passado, estes dois  índices criminais caíram 15% e 23,75%, respectivamente. Foram registrados 840 casos de furto e 181 de estelionato em 2018.
Em relação aos crimes de homicídio, os índices tiveram um aumento de 72%, indo na linha contrária ao Estado, que registra redução de mortes violentas. Foram 12 pessoas mortas. Desses crimes, cerca de sete casos têm vínculos com o tráfico de drogas.
Também houve diminuição nos índices de roubo, de 97 para 79. Os furtos de veículos caíram de 67 para 42. 
Os crimes relacionados a posse de tráfico de drogas aumentou de 67 para 95 e o tráfico está com o mesmo índice, de 75 casos em cada ano. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por