Notícia

Polícia

Polícia Civil investiga disputa do tráfico no Colonial

Postada 31/10/2019



A disputa do tráfico de drogas nos bairros da região Norte, principalmente nas ocorrências que têm acontecido desde sábado no bairro Colonial, tem colocado os orgãos de segurança em alerta.
O delegado Tiago Baldin, responsável pela 2ª Delegacia da Polícia Civil, afirma que essa disputa ocorre por facções criminosas, umas já estabelecidas no município contra outros grupos criminais que tentam se estabelecer em Ijuí. "Esses grupos já estabelecidos aqui estão oferecendo resistência, mas também ocorre disputa interna de grupos já estabelecidos, que não são de fora do município".
Para o delegado, a situação que ocorre no bairro Colonial não é uma guerra, mas uma peculiaridade do tráfico de drogas que está sendo combatido pelos órgãos de segurança pública. "Fazemos o que está no nosso alcance, dentro das nossas possibilidades, com o efetivo reduzido e da pouca atenção que o Estado defere aos policiais do Estado do Rio Grande do Sul". 
Baldin ressalta ainda que a polícia civil tem a função de investigar e responsabilizar os culpados. "Não é trabalho da Polícia Civil prender. A função da Polícia Civil é investigar um crime já acontecido e se caso uma prisão preventiva, com base na legislação processual penal, haverá representação. 
Na entrevista, o delegado afirmou ao Grupo JM, que a polícia prendeu um dos suspeitos de ter assaltado a relojoaria do Tio Ireno, no dia 21 de outubro. "Ele já possui antecedentes criminais, com álbuns criminais e depoimentos das vítimas conseguimos lograr êxito. Agora falta pegarmos o condutor da moto que ficou aguardando do lado de fora", finaliza. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por