Notícia

Polícia

Polícia investiga morte de homem em Ijuí

Postada 04/09/2019



A localização de uma caminhonete Strada, de cor branca, com placas de Ijuí, no município de Independência levou a descoberta do corpo de um homem, na tarde de ontem, na Linha 6 Leste, interior de Ijuí.
Segundo informações apuradas pela reportagem do Grupo JM, policiais de Independência receberam ontem de manhã a informação de que uma caminhonete havia sido deixada em frente a um mercado do município, localizado a 70 quilômetros de distância de Ijuí, na segunda-feira. Os policiais foram até o local e descobriram que o carro, com placas de Ijuí,e  estava com a chave na ignição, e havia sido deixado por um casal. No entanto, não havia registro de furto ou roubo do automóvel.
A Polícia entrou em contato com familiares do proprietário do automóvel, que foram até a residência, localizada a cerca de um quilômetro da BR-285, próximo ao aeroporto municipal, e encontraram Sandro José Copetti, 40 anos, morto, nu sobre a cama.  Ele morava sozinho e havia sido visto pela última vez pelos vizinhos no sábado à tarde.  No  corpo do homem não havia marcas de tiro e nem de agressões.
Agentes do Instituto Geral de Perícias (IGP) foram chamados para realizar a perícia no local. 
A Polícia constatou que além do automóvel, foram levados da residência  uma espingarda e um aparelho de televisão. 
Ainda na tarde de ontem, após troca de informações entre a polícia civil de Ijuí e de Independência, foi identificado o casal suspeito. Policiais Civis, coordenados pelo delegado Tiago Baldin, foram até Independência e prenderam os suspeitos. Ambos são conhecidos da polícia por furtos para o tráfico em Ijuí. 
"Com eles foi localizado o automóvel, que não conseguimos delimitar ainda se foi furto ou roubo. Temos uma pessoa que veio a óbito e outras duas presas por dupla receptação e porte ilegal  de arma de fogo", ressaltou Baldin. 
No entanto, o delegado não descarta a hipótese de que Copetti tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte)."Não podemos afirmar se aconteceu ou não um latrocínio, porque o evento morte pode ocorrer de várias formas. A vítima pode ter falecido no interior da residência e alguém ter entrado na casa ou já estar dentro da moradia e ter levado diversos itens. Neste momento não descartamos nenhuma hipótese", afirmou.  A polícia também não descarta o envolvimento de uma terceira pessoa.  
Desde 2014 não ocorrem latrocínios em Ijuí. 


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por