Notícia

Geral

IBGE inicia Pesquisa Nacional de Saúde

Postada 29/08/2019



Teve início nesta segunda-feira, a segunda edição da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), do IBGE, que promete avançar na investigação realizada seis anos atrás. Agentes do instituto estão visitando a casa de milhares de brasileiros para pesquisar as condições de saúde da população. 
"É um levantamento bastante completo e tem o objetivo de trazer dados sobre a situação de saúde, os estilos de vida da população brasileira. O trabalho está sendo feito nos municípios, mas é uma pesquisa de abrangência nacional, que está acontecendo agora em todo o Brasil, então, vamos fazer esse retrato da saúde da população brasileira como um todo", comenta o funcionário da agência do IBGE de Ijuí, Valério Neumann.
Ao todo, cerca de 1,2 mil entrevistadores do IBGE irão visitar, até fevereiro de 2020, mais de 108 mil domicílios distribuídos em 2.167 municípios do País. Os resultados devem começar a ser divulgados em 2021. A pesquisa é realizada em convênio com o Ministério da Saúde e em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), e feita por amostragem. Na região, os municípios de Ajuricaba, Catuípe e Ijuí serão visitados.
A PNS investiga a prevalência de doenças crônicas não transmissíveis e quantifica a população com algum tipo de incapacidade física. Além disso, analisa dados relativos ao estilo de vida da população, tais como: sedentarismo; tabagismo; hábitos alimentares; consumo de álcool; atividade sexual.
Ainda no âmbito da saúde, a pesquisa também vai investigar a incidência de violência – seja física, sexual ou psicológica – além de avaliar a utilização do Sistema Único de Saúde (SUS) pela população. Além disso, a PNS também vai analisar as relações e condições de trabalho para analisar, entre outras questões, condições de salubridade dos locais de trabalho e problemas de saúde relacionados à atividade profissional. "É um questionário bem detalhado. As divulgações irão acontecer em nível dos Estados, algumas nas regiões metropolitanas e capitais, e depois Brasil. Não teremos informação de nível municipal, em função de ter uma amostragem esparsa."


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por