Notícia

Geral

Nova gestão resulta em economia

Postada 26/08/2019



A Expo-Ijuí/Fenadi 2019 foi lançada na noite de quinta-feira, no Parque de Exposições Wanderley Burmann. Durante o ato, foi apresentada a identidade visual da feira nesta edição. Presidente da Expo-Ijuí, Nadine Dubal esteve no Grupo JM na manhã de ontem, e falou sobre as mudanças implementadas em sua gestão e que permitiram economia de recursos e, consequentemente, ampliação de investimentos em áreas que necessitavam de melhorias.
Em 2017, a Associação Comercial e Industrial de Ijuí (ACI) gastou R$ 56 mil na construção da identidade visual e na execução dos trabalhos, por meio de agência, que, neste ano, apresentou orçamento ainda maior. Em função disso, a presidência da feira realizou levantamento de preços nas agências publicitárias do município. 
"E chegou vir um orçamento de R$ 70 mil, o que consideramos inviável de ser feito. Fomos buscando alternativas e chegamos a esses dois artistas plásticos, em Porto Alegre. Um deles é professor universitário da PUC aqui no Estado, e eles construíram toda a identidade visual. Eu disse a eles que teriam um grande desafio ao fazer nossa identididade visual, porque daria somente duas palavras: negócios e cultura. Diante disso, eles construíram toda a questão de transformação, através das bolhas de sabão, e tudo mais, e será tudo muito bonito", comemora Nadine.  Os dois artistas plásticos estarão no Parque de Exposições no dia 12 de outubro, onde, ao vivo, irão construir uma obra de arte na lateral dos Pavilhões 1 e 2, que ficará de presente para a comunidade.
Toda a parte de execução da campanha publicitária, que era feita por agência, está sendo produzida por equipe da ACI. "Com toda a identidade visual e algumas alterações que pedimos, com a obra de arte, deu R$ 15 mil. Com alguns gastos a mais, como impressão de material, dará em torno de R$ 20 mil, então, só aqui, economizamos R$ 50 mil."
Outra economia importante foi feita na parte de contratação de shows. Anteriormente, a ACI fazia aporte financeiro para as estruturas, em torno de R$ 45 mil a R$ 48 mil, e terceirizava as produtoras.
"Esse ano, não teremos esse gasto, porque foi tudo terceirizado. Algumas coisas fomos readequando, por uma questão de gestão, e fizeram com que pudéssemos investir no Parque de Exposições, melhorias no Pavilhão do Artesanato, ampliação das áreas de lazer, trocas e readequações, inclusive na iluminação. Está dando super certo", enumera Nadine, a primeira mulher a presidir a Expo-Ijuí.
A imprensa também foi contemplada com as melhorias da nova gestão. Haverá um espaço Coworking voltado aos meios de comunicação, no Centro Administrativo, com acesso gratuito.
Nadine destaca que há empresas de diferentes regiões do Estado buscando espaço para expor, mas há cerca de 45 dias, não há mais vagas disponíveis. "Tem fila de espera. Esse é um resultado muito bom, porque conseguimos o objetivo do resgate da feira de negócios, empresas que não estavam expondo mais, nesse ano estão conosco. Isso tudo vai nos fortalecendo e estou acreditando muito em resultados superpositivos."
Sobre o tema deste ano Negócios, Cultura e Transformação, a presidente destaca que a diretoria trabalha para viabilizar maior volume de recursos comercializados durante a feira. "Primeiro, focamos no que o agronegócio precisava, conversando com expositores e com grandes empresas, nos colocamos à disposição e fizemos um pacto com eles: vamos dar a infraestrutura necessária, e começamos por aí", conta. "Segundo, ano passado foram comercializados em torno de R$ 250 milhões, o mínimo, é chegarmos a esses números, então conversamos com as instituições financeiras, nos colocando à disposição para fazer a divulgação desde que coloquem linhas de crédito diferenciadas. Tivemos alguns retornos e uma surpresa, um banco ligou querendo nos patrocinar e estar conosco, e que nunca teve espaço lá dentro. "


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por