Notícia

Educação

Cpers-Sindicato inaugura 12ª sede própria em Ijuí

Postada 05/08/2019



Uma cerimônia, realizada ontem à tarde, marcou a inauguração da nova sede do Cpers-Sindicato - localizada na Rua Sete de Setembro, nº 395, Salas 1  e 2, no Edifício Central. Segundo a diretora do 31º Núcleo, Teresinha Mello, foram 38 anos pagando aluguel. "Agora, podemos contar com  uma grande sala para reuniões, uma ampla recepção e também sala para a diretoria", disse, lembrando que, em muitos momentos, o espaço disponível não era suficiente para os encontros.
Quem participou da inauguração foi a presidente do Cpers, Helenir Aguiar Schürer, que destacou que, dos 42 núcleos existentes no Estado, mais da metade agora contam com sede própria. "Nós começamos a fazer as contas e vimos que estávamos pagando muito em aluguel por mês. Avaliamos e percebemos que este valor poderia ser aplicado em sedes próprias. E nestas duas  gestões que estou à frente da diretoria, já adquirimos 12 sedes, ampliando o patrimônio do Cpers-Sindicato de R$ 9 milhões para R$ 42 milhões", explicou a presidente.
Mas, mais do que um espaço para encontros aos associados - e são mais de 82 mil no Estado -, as sedes representam "um fôlego para resistir  aos ataques", segundo Helenir. Foi com alívio que o sindicato  recebeu a notícia que o Congresso não havia votado a  MP que impedia o desconto em folha salarial da contribuição sindical. Caso votada, a cobrança deveria ser realizada via boleto bancário, causando prejuízos ao sindicato. 
Os professores também têm resistido  aos salários atrasados há 44 meses; e à falta de reajuste há cinco anos. "Também precisamos lidar com a demissão de professores em licença-saúde. E são 48 casos", disse. Frente a este quadro, o Cpers não descarta greve neste semestre.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por