Notícia

Política

PSL enfrenta dificuldades para formar Executivas

Postada 01/08/2019



O rápido crescimento do PSL colocou o partido do presidente da República em torno de disputa de poderes. O reflexo está sendo visto agora que o partido busca se estruturar para as Eleições 2020. Faltando um pouco mais de um ano para o início da campanha eleitoral, simpatizantes das ideias de Jair Bolsonaro estão tendo dificuldades para constituir diretórios nos municípios do Rio Grande do Sul.
Rodrigo Noronha, que fez campanha para Bolsonaro em Ijuí, disse que depois das eleições, o PSL do Rio Grande do Sul, que tinha como presidente o deputado estadual tenente Coronel Zucco, destituiu todas as executivas que existiam no Estado, alegando que depois da virada do ano haveriam novas executivas. 
“De janeiro até maio, o Zucco não fez nada  neste sentido, porque ele é deputado estadual e estaria muito ocupado nesta atividade. No início de maio, ele se retirou da executiva do PSL e quem assumiu foi Nereu Crispim, que até hoje não fez nada para homologar as executivas existentes. Estamos falando com vários municípios  que estão tentando homologar, mas está bem difícil. Os políticos do PSL, por serem novos e estarem em cargos de deputado estadual ou federal, não estão sabendo ver a importância de ter essas bases”.  
Ao Grupo JM, o deputado federal  e presidente do PSL Nereu Crispim afirmou que o partido está recebendo as propostas para a criação das Executivas municipais, visando as eleições do próximo ano e que dentro de pouco tempo o partido estará divulgando as executivas, após finalizar uma avaliação da capacidade de colocar candidatos a vereadores e prefeitos. 
O presidente do PSL  confirmou  ainda que existem interessados em Ijuí a formar a executiva no município e que o partido está avaliando as várias propostas. "Eu tenho conhecimento que existe mais de uma proposta, mas nós temos que focar que todos estamos pela mesma causa. Queremos entrar num consenso para que todos venham participar dessa proposta do presidente e alinhar todas as propostas de executivas", disse.  "O momento do pessoal de Ijuí vai chegar, temos ideias liberalistas, mas todos serão ouvidos."


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por