Notícia

Polícia

PC investiga morte de homem agredido

Postada 24/07/2019



A 1ª Delegacia de Polícia de Ijuí, que tem como responsável o delegado Maurício Posselt, investiga as causas da morte de Valdemar Brasil Batista, 62 anos, morador do bairro São Paulo.
Na última segunda-feira, uma ocorrência policial foi registrada na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, informando sobre a morte que aconteceu no Hospital de Caridade de Ijuí (HCI). 
Segundo consta no boletim de ocorrência, a causa da morte seria traumatismo craniano. 
A primeira linha de investigação da polícia é que a morte teria ocorrido em decorrência de agressões durante uma briga, que teria acontecido dia 17 de junho, em uma residência na Travessa Alvarenga Peixoto, no bairro São Paulo. Consta na ocorrência policial que Valdemar deu entrada no hospital no dia 17 de junho, conduzido pelo Samu com traumatismo no crânio. Segundo o boletim de ocorrência, o homem teria fugido da casa de saúde no mesmo dia, contrariando a orientação médica. 
No dia 4 de julho, a vítima voltou a dar entrada na casa de saúde, conduzido pelo Samu, com crise convulsivas se sem retorno da consciência, até a noite de domingo, quando foi registrada o óbito às 22h.
O corpo de Valdemar Brasil Batista foi necropsiado pelo Instituto Médico Legal. A Polícia Civil aguarda o resultado dos exames para dar andamento ao inquérito policial. 
Ao grupo JM, o delegado Maurício Posselt disse que está sendo apurado a circunstância da morte, podendo ser caracterizada como lesão corporal seguida de morte. "Vamos proceder as investigações, realizar as oitivas e aguardamos o resultado da necropsia para esclarecer os fatos".
Sobre a possibilidade do ato ser concluído como um homicídio, o delegado afirmou que terá que verificar primeiro o motivo da intenção da agressão.


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por