Notícia

Esportes

São Luiz buscará recursos para ampliar o Estádio

Postada 18/07/2019



Em reunião ampliada ocorrida na noite de terça-feira, 16, o Conselho Deliberativo do Esporte Clube São Luiz definiu de forma consensual endossar a proposta que prevê uma ampla reforma nos espaços do Estádio 19 de Outubro, casa do Rubro ijuiense desde sua fundação em 1938.O futuro da Baixada tem sido colocado em debate nos últimos meses, e a posição dos conselheiros sobre o tema é de que, neste momento, a melhor opção é o clube concentrar seus esforços na reforma do estádio.Conforme o presidente do Conselho Deliberativo, Bira Teixeira, o posicionamento está alinhado com o calendário de competições do time em 2020. “Teremos um ano muito movimentado, no qual disputaremos no mínimo 10 jogos em Ijuí, então nada melhor do que estarmos com a casa em ordem”, afirma. “Além disso, a Série D e a Copa do Brasil, que iremos disputar no próximo ano, exigem em suas fases mais avançadas uma capacidade mínima de cinco mil torcedores no estádio que receberá o jogo, já descontados os itens de segurança exigidos pelas autoridades. O Conselho, através de seus integrantes, buscará formular um projeto que contemple essa exigência de capacidade para receber torcedores”, completa.
Do encontro de conselheiros saiu, também, a definição de que será proposta nas próximas semanas a formalização de uma campanha, tendo em vista a captação de recursos para ampliar a capacidade e a qualidade dos espaços do Estádio 19 de Outubro.Diante disso, os conselheiros firmaram consenso sobre a viabilidade de o clube buscar verbas através da Lei de Incentivo ao Esporte. Por este caminho, um projeto de ampliação se beneficiaria de recursos do Imposto de Renda, tanto de pessoas físicas quanto de empresas, que poderiam repassar parte dos valores devidos ao Fisco ao São Luiz.
A alternativa é vista com bons olhos porque, além de uma maior agilidade, a lei obriga que os projetos contemplem espaços voltados à comunidade, como atividades esportivas de cunho social e infraestrutura acessível a pessoas com deficiência, o que aumenta exponencialmente os benefícios comunitários de uma reforma no Estádio.Há cerca de duas semanas os diretores do Rubro receberam, em reunião, Adilson Moskal, consultor na área de projetos públicos que apresentou a possibilidade de captação de verbas através da Lei de Incentivo ao Esporte. Segundo o especialista, o projeto para reforma do 19 de Outubro tem enormes chances de ser aprovado pelo governo federal, responsável pela análise das propostas.



Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por