Notícia

Política

Piaia afirma que plano de carreira é "mãe carinhosa'

Postada 25/06/2019



O vereador Junior Piaia, do PCdoB, voltou a manifestar sua posição em relação aos planos de carreira dos servidores públicos que atuam na Câmara de Vereadores do município. Ano passado, denúncias apontaram que quatro servidores do Legislativo municipal ganhavam acima do teto salarial dos ministros do Superior Tribunal Federal (STF) e que posteriormente a Justiça balizou ao pagamento do salário do prefeito do município.
“O problema é o plano de carreira do funcionalismo, que foi aprovado em 2014. Ele é a mãe carinhosa, que dá tudo para os filhos. E aqui aconteceu isso, mas com o dinheiro dos outros. E aqui não estou tirando o mérito da qualidade dos servidores, mas a realidade é que se criou um plano de carreira onde o ingresso de funcionário da Câmara é de um patamar altamente favorável a quem entra, em comparação ao que é o mercado e o que é o serviço público”. 
De acordo com o vereador do PCdoB, há funcionários que entraram na carreira com um salário de R$ 5 mil, hoje o salário é em torno de R$ 7 mil, com as progressões, eles estão chegando a salários de R$ 20 mil. 
Piaia explica ainda que com a polêmica dos supersalários do  ano passado, foi apresentado um novo plano de carreira, mas acabou sendo arquivado. Neste ano, a presidente da Câmara, Alexandra Lentz, apresentou um novo projeto, mas que para Piaia, perpetua  os altos pagamentos. 
"Este novo, que está em discussão e eu estou pedindo urgência  no debate, pois ele perpetua situações que mantêm essas mesmas questões. Não há justificativa para que o plano de carreira dos funcionários tenha função gratificada, gratificação e gratificação de apoio parlamentar getom. São três tipos de vantagens que se dá a servidores que atuam em serviços de direção na Câmara", aponta.  Um getom equivale a R$ 1.200 .


Edição Impressa


Ver Todas as Edições
Trabalhe no Grupo JM Espaço do Leitor - Assine - Anuncie -
Albino Brendler, 122, Centro, Ijuí-RS
(55) 3331-0300
[email protected] Desenvolvido por